Sociedade Morta – Dead Society (legendado em castelhano)

Sociedade Morta, de Thomas Toivonen (Dead Society em seu título original), aponta diretamente para o coração da situação em que estamos hoje. A conclusão? Estamos ferrados!

A cultura tecnológica de massa está matando o planeta e, se quisermos sobreviver, temos de olhar a raiz do problema.  Mas também descartar falsas soluções, como a tecnologia alternativa ou “verde”

O filme se passa sobre uma entrevista com John Zerzan, filósofo e autor anarco-primitivista, que traz sua perspectiva sobre o problema com a civilização e o que podemos fazer sobre isso. Segundo ele, é a realidade e não idéias que abrirão o caminho para uma mudança de paradigma. Sempre e quando se dá às pessoas uma alternativa.

No geral, o filme dura cerca de 55 minutos e é uma contribuição muito bem-vinda à longa coleção de filmes anarquistas-verdes.

“Acredito que deveria ser visto por quanto mais pessoas possível, especialmente aqueles que estão hipnotizados à causa da vida na louca máquina da civilização. É uma torta na cara, um abridor de olhos, um choque, mas ainda é muito inspirador.”

“Uma máquina não pode sentir. Nunca fica com raiva. Não tem sede ou necessidade de dormir. Nunca tem medo. Não está feliz nem triste. Por definição, está morta e uma sociedade que é construída com máquinas está morta também”.

Sociedade Morta

Parte 1:

http://www.youtube.com/watch?v=qln4Llo3Vtk&feature=player_embedded

Parte 2:

http://www.youtube.com/watch?v=9pPP9WRKLio&feature=player_embedded

Parte 3:

http://www.youtube.com/watch?v=md7wcAIw2HE&feature=player_embedded

Parte 4:

http://www.youtube.com/watch?v=DkjDA__fQbQ&feature=player_embedded

Parte 5:

http://www.youtube.com/watch?v=AwoROIxIcKk&feature=player_embedded

Parte 6:

http://www.youtube.com/watch?v=XtLN3_Qfny4&feature=player_embedded

Fonte: www.portaloaca.com

agência de notícias anarquistas-ana