Alemanha: Uma dura batalha de rua se anuncia; venham todos a Rhino!

[A seguir informações do movimento de resistência Kommando Rhino ameaçado de despejo em Freiburg, na Alemanha, a 85 km de Estrasburgo e a 20 km de Mulhouse, duas cidades fronteiriças francesas.]

Rhino Kommando é o nome de um terreno baldio recuperado e remodelado por anarquistas e grupos locais autônomos, de maneira que tornou-se um lugar de vida alternativa independente onde vivem pelo menos 35 pessoas. Vem da idéia de WagenPlatz, um lugar onde as pessoas vivem juntas em caminhões ou trailers com estruturas geridas comuns fabricadas coletivamente: cozinha, bar, uma biblioteca, sala de som-cinema, uma horta-jardim, um terraço com “postos de vigia”, etc. Muitas atividades são oferecidas à comunidade pelos camaradas: debates, exibição de filmes, concertos, jardinagem, intercâmbios culturais, arte, noite de solidariedade para ajudar outras iniciativas, locais para organizar manifestações e ações, tudo isto misturado ao fato de que é um lugar para viver alternativa e coletivamente.

Agora este lugar chama a atenção capitalista pois tornou-se rentável para a municipalidade, que vai arrasar o Rhino Kommand, para construir ali um hotel de luxo e um centro comercial.

Durante meses, a resistência foi organizada no que continua sendo uma espécie de Guerra Fria com o município, resistência que está se consolidando e se tornando mais radical: há tanto as manifestações culturais e passeatas quanto manifestações selvagens Bass Parade sob a forma de um Reclaim the Street com som anarco-punk ou eletro, festivais de música e atividades culturais, ações comandos (numerosos ataques cotidianos de grafites e apedrejamento da prefeitura, delegacias de polícia, da empresa que está planejando o hotel, etc.) atividades alternativas e familiares à população, projeções anticapitalistas, etc.
Na semana passada teve lugar a grande manifestação Reclaim The Street NACHT.TANZ.DEMO, na qual se encontraram mais de 600 pessoas durante toda a noite num cortejo com carro de som que bloqueou a cidade, com alguns Black Bloc em caso de ataques policiais; bombas de fumaça foram usadas em telhados de edifícios, onde foram implantadas grandes faixas de resistência, e ainda tiros de fogos de artifício. No dia seguinte outro lugar foi ocupado por cerca de 40 camaradas para a abertura de um squat político, mas foi atacado e evacuado por uma centena de policiais três horas depois.

Sábado, 23 de julho, cerca de 400 pessoas marcharam enraivecidas em Freiburg sob a forma de um cortejo Black Block, com um carro de som para fazer declarações e comunicados, e defender a posição radical e anticapitalista para o povo. Aconteceu então um enquadramento policial com mais de 200 efetivos e ainda a “Brigada Negra” – como se costuma dizer – a polícia anti-motim. Em cinco momentos, a polícia bloqueou o cortejo de repente, dando socos e golpes na faixa frontal que, ombro a ombro, avançou e abriu passagem entre 3-4 linhas policiais para então continuar o protesto. A polícia tentou nos fazer perder o controle, mas nós não lhes demos esta oportunidade, não há equilíbrio de forças. Se houvesse um forte ataque policial, havia um ponto de encontro B (como sempre), onde nos reagruparíamos e sairíamos em nova frente ostensiva.
A presença de muitas dezenas de franceses foi apreciado por camaradas alemães, o que fortalece as redes de resistência intersquat, especialmente com os camaradas suíços.

Chamada ao movimento de resistência:

A partir de 28 de julho e por todo final de semana, Festival de Solidariedade e de Resistência ao Kommando Rhino (no quarteirão Vauban M1, à 15 minutos a pé do squatter KTS) apresentando vários concertos. Se em todos os caminhos tentamos evitar a confrontação direta e a guerra aberta, a câmara municipal rejeitou as propostas e a solução possível.
O ataque policial de envergadura para a evacuação e expulsão do Kommando Rhino é prevista para a partir de 28 de julho, mas será provavelmente na segunda-feira (1º de agosto), próximo às 6 da manhã.
Desde já, os planos de auto-defesa são planejados e desenvolvidos para uma resistência direta ao ataque da polícia.
A área será assegurada por barricadas e uma dura batalha de rua se anuncia.

Kommando bleibt [ficar] Rhino, a solidariedade com todos os ESPAÇOS LIVRES E AUTOGESTIONADOS!

Mais infoswww.rhino.blogsport.de

Tradução > Tio TAZ

agência de notícias anarquistas-ana