Atenas: Villa Amalias reocupada e desalojada de novo; dezenas de compas detidos

Por volta das 7.30 da manhã de 9 de Janeiro de 2013, dezenas de compas reocuparam o edifício na esquina das ruas Acharnon e Heyden, conhecido como Ocupa Villa Amalias que tinha sido desalojado em 20 de Dezembro de 2012.

http://www.youtube.com/watch?v=_THo0OMGUB4

Imediatamente após a reocupação do espaço um forte contingente policial cercou toda a área, com a bófia  a bombardear com gases lacrimógeneos os/as compas que estavan lá dentro. Por fim, o Estado enviou para lá unidades das Forças Especiais Repressivas Antiterroristas (EKAM) que irromperam na Ocupa e, em conjunto com os esquadrões do MAT, detiveram quase 90 companheiros/as, transladando-os em carrinhas para a sede da polícía (GADA) na avenida Alexandras.

Entretanto, uma improvisada marcha de solidários/as partia da praça Victoria (perto da localização da Villa Amalias) em direção à escola Politécnica,em Exarchia.

Quase ao mesmo tempo do que acima foi descrito, outro grupo de compas ocupava os escritórios do partido da Esquerda Democrática (DIMAR, participante no governo tripartido atual), situado no distrito de Metaxourgio, centro de Atenas, em solidariedade com a Ocupa Villa Amalias, os espaços auto-gestionados e a infraestrutura antagónica que tem visto a atacá-los, ultimamente (i, ii). Tal como antes, a bófia não tardou em aparecer e os esquadrões anti-motins detiveram cerca de 40 compas solidários(as, trasladando-os também para a sede da polícia.

Tanto de Villa Amalias como da DIMAR, os/as compas detidxs saíram a entoar palavras de ordem de punhos levantados.

Enquanto estes palavras eram alinhavadas (11.40), pessoal solidário concentrava-se junto à sede da polícia, ao mesmo tempo que 400 compas decidiam, após uma assembleia de urgência, ocupar a Escola Politécnica, onde se estava a levar a cabo a dita assembleia. Para além disso, convocou-se una manif solidária na praça Sintagma para o meio dia e uma concentração solidária frente à sede da polícia às 18:00 de hoje (9/1/13). O dia será comprido.

SOLIDARIEDADE COM TODOS/AS  OS/AS COMPAS DETIDOS/AS
FOGO E RAIVA!

traduzido a partir da versão em espanhol