Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Grécia: Texto do compa Nikos Maziotis acerca da sua transferência às prisões de segurança máxima de Domokos

1944atenasA minha transferência para as prisões de segurança máxima de tipo C em Domokos aconteceu poucas horas depois do colapso do governo de Samaras – uma vez que não foi possível a eleição do Presidente da Democracia durante a votação de 29/12/2014 no parlamento grego, depois da qual se convocaram eleições para 25 de Janeiro de 2015. A minha transferência para as prisões de tipo C é o último acto de um governo que, tal como os anteriores, não pôde suportar o peso da política de genocídio social que tem vindo a aplicar nos últimos 2 anos e meio, sob as ordens da Troika e da elite económica supranacional.

É o último acto de um governo que provou que o regime que conduziu milhares de pessoas à morte, que afundou milhões na pobreza, na miséria, na fome e a um povo inteiro à humilhação, tem medo dxs revolucionárixs e dxs lutadorxs armadxs. Têm medo da luta armada revolucionária, por isso nos querem enterrar vivxs no isolamento dentro das novas prisões de segurança máxima.

A minha transferência para Domokos foi um dos seus objectivos principais após o confronto armado em Monastiraki a 16 de Julho de 2014, quando me detiveram ferido, tendo já anunciado que eu seria o primeiro preso a ser mudado para ali. As prisões de tipo C são a continuação natural e a consequência da política repressiva do Estado contra xs lutadorxs armadxs e a guerrilha urbana. Tal como as leis antiterroristas, a legislação das prisões de segurança máxima e as recentes mudanças no código penal têm como objectivo, deforma prioritária, atingir a luta armada revolucionária.

Especialmente nas condições atuais – onde o regime se encontra deslegitimado e perdeu o consenso social devido à crise e ao feroz ataque que desencadeou – fazer frente à luta armada ou à sua ameaça é uma prioridade grandepara o Poder, tal como admitiram eles mesmos na altura da minha detenção – pela qual receberam as felicitações dos Estados Unidos – a segurança está ligada com a estabilidade, os investimentos e a continuação do programa de resgate.

Não tenho ilusão alguma da postura que pudesse ter um possível governo do Syriza sobre as prisões de tipo C – não as iriam abolir, nem anular as transferências, tal como não aboliriam os memorandos.

NENHUMA TRÉGUA AO ESTADO

NÃO ÀS ILUSÕES ELEITORAIS

A SOLUÇÃO SÓ O POVO ARMADO A DARÁ

Nikos Maziotis, membro de Luta Revolucionária
Prisões de Domokos

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>