Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Alemanha: Mensagem do companheiro preso Thomas Meyer- Falk aos/às manifestantes contra o G20 em Hamburgo

Por uma sociedade sem prisões!

Solidariedade e saudações afectuosas a partir da prisão! Quando os representantes das nações do G20 se encontrarem em Hamburgo, a élite das empresas carcerárias, representadas por Merkel, Trump, Putin e Erdogan, também se encontrarão.

Agora, neste momento, muitas dezenas de milhares de prisioneirxs na Alemanha, França, Reino Unido e Turquia estão atrás das grades, bem como milhões outrxs nos EUA, China, Rússia, Arábia Saudita, etc!

E também em Hamburgo é certo que agora são milhares as pessoas nas prisões do suposta “livre” cidade hanseática [o nome completo de Hamburgo é cidade livre e hanseática de Hamburgo]. Para abrir espaço para ainda mais, foi construído um centro de detenção extra (até 400 prisioneirxs). 100 juízes ofereceram-se para legalizar as prisões efetuadas pela polícia durante a cimeira.

Quem ataca o G20 também ataca o complexo prisional-industrial. Um sistema baseado na exploração e opressão. Um sistema no qual a polícia, o judiciário e a economia trabalham de mãos dadas. Um sistema que intimida e remove permanentemente as pessoas do processo político, mas ainda assim os “recicla” economicamente.

Para todxs vocês em Hamburgo, por horas e dias ativos e combativos!

Do coração, sentidas saudações oriundas da prisão de Freiburg.

Thomas Meyer-Falk
(prisioneiro com pena de longa duração desde 1996)

em alemão l italiano l inglês

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>