Agrinio, Grécia: Protesto de estudantes secundários e ocupação da câmara municipal

Mais de 300 estudantes secundários participaram nesta sexta-feira, 16 de Setembro, no protesto que foi realizado depois do apelo das escolas ocupadas da cidade de Agrinio, no centro-oeste da Grécia. A marcha começou da praça Dimocratia, passou pelas ruas centrais da cidade e deslocou-se para os Escritórios da Educação Secundária, onde os estudantes jogaram tintas, ovos e tomates para expressar o seu descontentamento pela situação atual da educação. A marcha terminou na câmara municipal a qual foi ocupada em seguida  pelos manifestantes.

O presidente da câmara da cidade, Pavlos Moscholios, recusou-se a sair do edifício e por isso foi trancado dentro do seu escritório pelos estudantes. Na sequência, um grupo de 4 elementos da polícia motorizada (DELTA) invadiu a  câmara municipal, a fim de o libertar, mas foi repelido pelos jovens com chutos e socos, enquanto a atmosfera vibrava com os  slogans contra a polícia.

Durante a retirada da polícia quebrou-se a fachada de vidro do prédio. A ocupação terminou após algumas horas sem outros incidentes. Sem dúvida, os estudantes secundários mostraram que estão prontos a usar formas dinâmicas de luta e confrontar-se diretamente com as instituições e os representantes do Poder, radicalizando desta maneira os protestos estudantis.

fonte