Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Grécia, Veria: religando a electricidade cortada…e o comunicado

Fresco de Michelangelo (religar)

No dia 29 de setembro, um pequeno grupo de pessoas na cidade grega de Veria decidiu tomar uma atitude e voltar a ligar o fornecimento de electricidade numa série de casas em que esta tinha sido desligado da rede. As facturas de electricidade é o meio escolhido pelo governo de pagamento do imposto mais recente sobre habitação própria num país com mais de 80% das famílias são delas proprietárias, milhares serão incapazes de pagar o imposto (no topo das suas facturas, é claro) e, portanto, enfrentam a desconexão.

O grupo de Veria publicitou a sua ação,  explicando as suas razões

“No presente momento, quando os cidadãos desfrutam de paz, ordem e segurança, onde as leis prudentes e do bem-estar são a regra, alguns cidadãos de Veria decidiram cometer um acto criminal. Começaram a  reconectar o  fornecimento de energia elétrica desligada.

Dando a cara por esta barbaridade, acrescentamos que reconectamos a electicidade às famílias que não tinham condições de pagá-las. E energia eléctrica é um bem comum.

Este comportamento para com os cidadãos de nosso país é um acto criminal; o mesmo que os levou ao desemprego e empobrecimento está agora a condená-los, todos os dias, a uma condição de terceiro-mundo.

O cidadão comum não deve arcar com o custo do saque generalizado por um punhado de indivíduos que voam alto, o sell-out de tudo por fantoches políticos. Neste país, além da obrigação de pagar – e outra vez – para ladrões e criminosos, também temos direitos. E o mais importante de tudo é a dignidade.

O cidadão comum não deve arcar com o custo do saque generalizado de um punhado de indivíduos que voam alto, com lotação esgotada de tudo por fantoches políticos. Neste país, além da obrigação de pagar – e repagar- para ladrões e criminosos, também temos direitos. E o mais importante de tudo é a dignidade.”

O grupo supostamente abre a caixa de fornecimento de electricidade, sem o prévio conhecimento do seu proprietário, re-liga da electricidade e fecha a caixa novamente, cobrindo-a com uma etiqueta de leitura: “Cidadãos de Veria – Solidariedade Social – Religámos a Eletricidade “.

Fonte

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>