Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Atenas: Ataque incendiário contra a esquadra Pangrati em memória de Lambros Foundas

pagrati-cop-station

” Aí estão eles, os momentos de maior realização do homem; os momentos de êxito.
O homem já não estagna no meio do lodo…
no entanto as tempestades puxam-no para cima, e com ele toda a vida.

(Nikos Kazantzakis)

É como a tenacidade estivesse a crescer nestes dias de Março. Tenacidade em negarmos que Lambros deixará de vir às nossas secretas reuniões. Ao negarmos que não vai aparecer “exatamente” novamente para compartilhar o conteúdo da sua bolsa e dar início ao momento de ataque. É como se a tenacidade estivesse a crescer.  Aquelxs de nós que travaram uma guerra consigo próprios ainda estão a travar uma guerra; ainda ateiam o fogo a que nos propusemos em conjunto; ainda odeiam o que odiavam em conjunto.

DEIXAR AS AÇÕES FALAREM

A 24 de Março de 2016, a tenacidade falou de novo … Atacamos o Departamento da polícia de Pangrati, incendiando um veículo sem identificação da Segurança do Estado, a guarita da esquadra e a porta da frente, regando-os com 15 litros de gasolina.

Apesar do que papagaios da Segurança do Estado vazaram para os media, seguimos o nosso plano inicial e deixamos o local de forma coordenada.

AS HOSTILIDADE CONTINUAM

O LAMBROS VIVE DENTRO DO FOGO

em inglês

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>