Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Londres: Um comunicado de Croydonianxs furiosxs

Liga de defesa dos refugiados /
Refugiado bem-vindo! /
Croydon contra o racismo /
Solidariedade com as vítimas de crime de ódio

No dia 31 de Março, um jovem, Reker Ahmed, foi brutalmente espancado por uma gangue na área de Croydon enquanto esperava um autocarro. A gangue (cerca de 25) aproximou-se do jovem e depois de perguntar de onde ele era, perseguiu-o e atacou-o, deixando-o com lesões com risco de vida. Com apenas 17 anos, encontra-se à espera de asilo no Reino Unido. Este ataque ocorre na propriedade Shrublands, Shirley, uma área habitada por trabalhadores de origem diversa e o seu significado foi sentido pela comunidade local.

Em resposta a esta violência racista e xenófoba, optamos por redecorar o bairro com o nosso repúdio. Ao oferecer uma mensagem de solidariedade aqui, demonstramos a nossa solidariedade em todos os lugares; dos EUA à Grécia, da Bielorrússia ao Médio Oriente; para todas as vítimas do Estado, do regime de fronteiras e para todas as vítimas de crimes de ódio.

Realizamos esta acção como uma mensagem clara da comunidade mas também dirigida aos perpetradores. Nessa altura ainda estávamos sem saber se tinha saído um ataque realizado por pessoas da propriedade, mas tal parecia improvável e inédito, numa tal diversidade perto da comunidade. No entanto, infelizmente, a gangue consistia em pessoas de diversos antecedentes. É verdade que o nacionalismo obscurece a verdade da classe opressiva e das hierarquias raciais e faz-nos identificar com a nossa própria opressão. No entanto, a resposta à nossa ação revelou exactamente o que também suspeitamos; que este era um ataque endossado por FASCISTAS auto-identificáveis a partir da área, provavelmente.
A cobertura mediática deste evento descreveu o incidente como um “suposto crime de ódio” e até agora abstiveram-se de descrever o incidente como explicitamente fascista. No entanto, os graffiti nazis foram pintados e vemos isso como a evidência clara de que o ataque não foi um caso aleatório de violência delinquente; antes como um motivo mantido e visado, politicamente compreendido, de ódio a migrantes. (Já cobrimos e subvertemos esse grafite fascista:Ver abaixo.)

DEIXEMOS CLARO:

– Não vamos ficar parados quando migrantes são bodes expiatórios e vítimas de uma brutalização, encorajada pela retórica fascista dos governos e da vanguarda da mídia de direita.

– Não permitiremos a aplicação de medidas de imigração para subtrair pessoas das nossas comunidades e condená-las à deportação e à morte.

– Certamente não nos intimidará o Brexit britânico e o ressurgimento tóxico da política de extrema-direita.

– Devemos responder devidamente a todas estas ameaças e violência que infligem às nossas comunidades.

PORQUÊ?

Talvez não seja coincidência que o ataque tenha ocorrido na noite anterior aquela em que “Britain First” [Bretanha Primeiro] organizou um desfile patético, minúsculo de extrema-direita no coração de Londres Central. A maioria dos anti-fascistas e outros tipos poltticamente discernidos compreendem que a extrema-direita no Reino Unido está actualmente fracturada e desorganizada, mas o Brexit é uma força histórica que traz a possibilidade de uma presença fascista encorajada nas nossas ruas.

É, pois, uma necessidade urgente que nos EDUQUEMOS, PREPARE-SE e comece a ORGANIZAÇÃO nas nossas comunidades através do diálogo e da acção. Devemos nos capacitar para desafiar e perturbar a lógica da opressão onde quer que ela levante as suas muitas cabeças; da hidra do Estado ao longo pescoço do fascismo, não temos medo e vamos continuar lutando.

Croydon é vibrante, Croydon é migrante, Croydon é forte

Para os fascistas de Shrubland: ESTÁS NO BAIRRO ERRADO. MANTEM-TE ESCONDIDO.

A todos os outros: ESTÃO COM MEDO. VAMOS MANTÊ-LOS ASSIM.

JUSTIÇA PARA REKER AHMED.

SOLIDARIEDADE COM A LUTA INTERNACIONAL CONTRA O FASCISMO!

em inglês

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>