Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Valparaíso, Chile: Comunicado de ação pelo dia do Jovem Combatente

Comunicado recebido com as fotos a 13/04/2017:

Universidade de Valparaíso, 29 de Março de 2017

Hoje, encontramos-nos novamente a recordar xs nossxs caídxs, passados 32 anos do assassinato de Paulina, Rafael e Eduardo pelxs guardiões do Poder. Recordamos o assassinato de Mauricio e o de Johnny Cariqueo, nos contextos de revoltas comemorativas ao dia do jovem combatente em 2008. Como recordamos todxs xs caidxs em luta, com memória combativa e cumplicidade. Cumplicidade que nos convida a destruir a rotina do status quo universitário, acendendo barricadas e propagando a revolta.

Fazemos uma chamada à memória combativa, que o fogo se propague com desobediência e incendeie a passividade até que a rebeldia prolifere em cada recanto do planeta, xs nossxs mortxs serão semente, para florescer na revolta. O capital não tem dado trégua, pelo contrário, avança desenfreadamente até à devastação total do planeta.

Os discursos que enaltecem a paz e a integração apropriaram-se da luta social, avançando rapidamente para as instituições, criminalizando a ação direta e gerando uma nova mentalidade no rebanho cidadão que cala e observa com cumplicidade a exploração, por isto não esquecemos xs rebeldes que têm dado a cara, organizando os seus bairros e afinidades, acendendo continuamente a chama da insurreição. Não deixemos que as maléficas instituições do poder capturem toda a potência convertida em fogo. O poder das palavras é inegável, sempre e quando existam ações que as apoiem, a guerra é permanente e o nosso caminho é a revolta, excluídos do seu mundo construímos o nosso a partir das cinzas.

Porque nos cansamos da passividade, por todxs xs caidxs e pelxs presxs em guerra,

Paulina Aguirre, Eduardo e Rafael Vergara Toledo, Jonhny Cariqueo, Norma Vergara, Javier Recabarren, Jorge Saldivia e Sebastián Oversluij  e todxs xs caídxs, presentes!

Juan, Nataly, Enrique, Sol e presxs em guerra para a rua!

Nem culpados nem inocentes! Abaixo o Estado Policial!

Saibam os nascidos e os que estão por nascer, que nascemos para vencer e não para sermos vencidos!

Pu Weichafe na clandestinidade

Uma homenagem a todos e a todxs xs caídos!                         Juventude combatente, insurreição permanente!

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>