Leipzig, Alemanha: O custo incendiário não é o fim do mundo e as pedras são mesmo grátis!

5 e 16 Março de 2017

Na noite de 4/5 de Março tínhamos incendiado duas escavadoras que deveriam ter construído um parque de estacionamento num antigo parque, na via Karl-Heine. Na noite de 16/17 de Março causamos um fogo de maiores dimensões num edifício para escritórios em construção, no porto de Lindau.

Temos ouvido muitas vezes que a gentrificação é um processo complicado praticamente fora do nosso alcance. Não entendemos isso como razão que ficar de fora – se houver – não importa o que fazemos de qualquer maneira – então fazemos o que nos trará maior diversão: a destruição de propriedade das pessoas que querem fazer uma fortuna com a valorização do bairro.

O capital tem sido verdadeiramente selvagem a gerir o mercado imobiliário em Leipzig e a festa está longe de terminar. Aproveite a oportunidade de participar, mesmo com o estrangulamento da sua bolsa: o custo incendiário não é o fim do mundo e as pedras são mesmo grátis!

O cerco da polícia à cidade neste fim de semana é péssimo, o estado policial não resulta saudável. Mesmo o aumento da vigilância não conseguiu evitar este e outros ataques a nazis, à bófia e à cidade impecável.

Saudações solidárias às pessoas afectadas pela repressão!

Abaixo o Estado – Atacar o G20!

via Linksunten em alemão l italiano