Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Noruega-Grécia: Mantenham os nazis fora!

[Texto distribuído em Chania, Ilha de Creta, a maior das ilhas gregas, situada a sudeste do continente grego no mar Mediterrâneo. Sua economia é baseada no turismo.]

Você está visitando um país, suas pessoas, e como sabe, está enfrentando ataques viciosos da classe dominante para pagar os encargos da crise econômica global, a maior experimentada desde a década de 1930. Como você também sabe, esses ataques sobre os salários, pensões, saúde e educação têm criado uma enorme onda de resistência da classe trabalhadora e da juventude na forma de 14 greves gerais, manifestações de massa e centenas de milhares de pessoas inundando as ruas de toda a Grécia no último mês, apesar da violenta repressão policial.

No entanto, o que você pode não saber é que o governo e a polícia encontraram aliados nos movimentos neonazistas, que querem canalizar a ira do povo pela pobreza vigente, contra os imigrantes e refugiados. O racismo que o governo grego cultiva, como em toda a Europa, caminha ao lado da islamofobia. Os fascistas são apoiados pelo governo grego, que é um dos mais racistas em todo o território da UE. Usam o encobrimento da polícia para atacar as manifestações dos sindicatos, como pode ser visto durante a greve geral de 28 de junho, mas também contra os imigrantes e trabalhadores locais, como fizeram todo o ano passado em muitas cidades da Grécia. Somente durante o mês passado em Chania eles atacaram dois paquistaneses, um vendedor somalis e desfiguraram a um professor!

Não vamos deixar que Chania se torne uma cidade hospitaleira para os turistas, e para os imigrantes um buraco de assassinos fascistas. Acreditamos que o crime abominável do neo-nazi na Noruega em 22 de julho, com dezenas de vítimas, devem nos unir, onde quer que estejamos, em uma luta comum contra a ascensão da extrema-direita nacionalista, por um mundo melhor, sem racismo, pobreza ou o fascismo!

• Noruega adverte – nenhuma tolerância aos fascistas

• Não à legalização dos movimentos fascistas

• Diga não à islamofobia

• Legalização dos imigrantes

• Imunidade para os refugiados

Unidos Contra o Racismo e o Fascismo

agência de notícias anarquistas-ana

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>