EUA: Ataque com tintas ao consulado do México em Tucson

43-normalistasA 10 de Novembro, durante a tarde, alguns/algumas anarquistas atiramos bombas de tinta ao consulado mexicano na cidade de Tucson, no Arizona, para além de se fazer um stencil no edifício com a mensagem “Vingança pelxs normalistas e xs 3 do 5 de Janeiro”.

Esta foi uma pequena mostra de solidariedade com Carlos López Marín, Amélie Pelletier e Fallon Poisson, três anarquistas que foram condenados recentemente, acusados por ataques insurrecionários, realizados na região da cidade do México, no ano passado.

Esta ação realizou-se também para mostrar o nosso apoio e amor a todxs aquelxs que lutam no México, após a desaparição dos 43 estudantes em Guerrero, no passado mês de Setembro. E, por fim, trata-se de um chamada a todxs aquelxs que, em Tucson, se queiram solidarizar através de manifestações ou ações: procuremos que possuam a ferocidade e a paixão que vemos nas ruas ao longo de todo o México, nos dias de hoje.

Compartilhamos o horror e a raiva gerados pela atrocidade do Estado mexicano, embora isto não seja algo que nos choque. É o que temos a esperar de cada Estado.

Foi-se o Estado, há que abolir o Estado.

Pela escalada da confrontação
pela abolição do Estado
em solidariedade com Fallon, Amélie, Carlos e todxs xs presxs

alguns e algumas anarquistas a partir de Tucson