Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Alemanha: Manifestação de Ano Novo na prisão de Freiburg

Freiburg-Sylvester-zum-Knast-683x1024

Contra esta fodida trampa repressiva

Freiburg-1024x683

Freiburg-Sylvester-683x1024Na noite de 31 de Dezembro de 2014, em Freiburg, cerca de 20 pessoas manifestaram-se sem aviso prévio nem a respetiva autorização pela liberdadede todxs xs prisioneirxs e contra a sociedade repressiva. A manifestação moveu-se desde o ponto de encontro na praça de Tennenbacher até à prisão de Freiburg. Apesar do sistema de som estar a falhar, a manifestação foi barulhenta e acompanhada com a pirotecnia apropriada e com alguns ovos coloridos. Pelo menos na entrada principal os prisioneiros ouviram a manifestação e acenaram de volta. A manifestação durou cerca de meia hora. A polícia não mostrou qualquer reacção. Abaixo indicam-se algumas palavras do companheiro Thomas Meyer-Falk, encarcerado em Freiburg. Dois outros discursos preparados por apoiantes da acção podem ser encontrados no original em alemão.

Saudação de Thomas Meyer-Falk

Véspera de Ano Novo 2014

Este vosso gesto, mostrando solidariedade com aquelxs que são forçadxs a viver atrás destas espessas e frias paredes, está a brilhar como uma tocha na escuridão. Como nos anos anteriores, sofreram e morreram aqui pessoas em 2014. Existiram suicídios, muitas tentativas de suicídio e uma greve de fome.

E ainda assim é possível ver a vida a palpitar atrás das grades, alimentada sobretudo pela solidariedade e apoio de familiares, amigxs e companheirxs.

A luta anti prisão incluirá sempre a ideia de uma mudança radical das condições existentes, porque a forma capitalista de sociedade nunca viverá sem prisões. Alguém que lute pela abolição das instituições de custódia terá de estar também empenhado em viver numa outra sociedade, numa sociedade livre.

As vossas manifestações nesta prisão são apreciadas entusiasticamente por aqueles que aqui vivem. Porque nos mostram que não estamos aqui sozinhos e que há pessoas que rejeitam o encarceramento.

As minhas saudações solidárias e entusiásticas!

A todxs um saudável, colorido, animado e livre 2015!

Por uma sociedade sem prisões!

Thomas Meyer-Falk

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>