Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Nantes, França: “Trans na prisão, liberdade!”

trans-prisoners22 de Janeiro

Esta é a mensagem da faixa que fixámos por cima do anel viário de Nantes ao início da manhã de 22 de Janeiro, na Jornada Internacional de solidariedade com xs prisioneirxs trans. Em França, como em qualquer outra parte, as pessoas trans sentem mais particularmente a repressão do Estado e da sociedade, o que xs conduz mais do que ao resto da população perante os tribunais e à prisão. Para alguns e algumas delxs, às opressões transfóbicas juntam-se as opressões racistas, xenófobas, misóginas ou homofóbicas. Isto também acontece dentro das prisões onde as discriminações e desigualdades na sociedade afetam mais duramente estas pessoas, especialmente as mulheres trans.

As prisões servem para proteger os privilegiados das classes dirigentes e para criar medo entre os pobres e os menorizados. Porque pensamos que todas as prisões deveriam desaparecer e que ninguém deveria viver o confinamento, expressamos deste modo a nossa solidariedade com todas as pessoas trans que estão presas e são reprimidas.

em inglês

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>