Arquivo de etiquetas: Nantes

Nantes, França: Relato da manifestação de 31 de Março

nantes1

Hoje, 31 de Março, ocorreu um nova jornada de mobilização contra as reformas laborais. Por toda a parte, em França, as Faculdades foram bloqueadas, as escolas estavam em greve e várias manifestações terminaram em conflito contra a bófia, como no caso de Toulouse, Marselha, Rennes, Nantes e Paris.

Em Nantes, a manifestação reuniu mais de 30.000 pessoas e, ao longo de todo o desfile, os bancos foram sendo atacados com martelos e extintores, até a Câmara Municipal foi atingida, uma agência da Vinci (os construtores do aeroporto na ZAD de Notre-Dame-des-Landes) foi redesenhada tal como o escritório do Partido Socialista. O hotel de luxo Le Radisson, localizado no interior das muralhas do antigo tribunal penal, é um dos símbolos do estilo de gentrificação em Nantes: a prisão, que foi fundada atrás, foi totalmente esvaziada para deixar espaço limpo para os ricos. Nesta ocasião foi repintada com lotes de extintores, uma piscadela de olho para Georges Courtois, que tomou o tribunal como refém durante o seu julgamento em 1985, juntamente com Abdelkarim Khalki e Patrick Thiolet.

Foram erguidas barricadas em vários locais, estradas foram despavimentadas e todo o dia choveram granadas de gás lacrimogéneo. Vários tiros de LBD 40 (Flashball) foram disparados.

Desemprego, Numerário e Motins!

ACAB!nantes2nantes4nantes3

em inglês l alemão l italiano

Marsellha, França: Oficina de escrita de cartas a presxs em solidariedade com Rebecca Rubin do ELF/ALF e Gaël em Nantes

Oficina da escrita de cartas a presxs - Domingo, 10 de Abril de 2016, das 2 às 6 da tarde. Em apoio à presa Rebecca Rubin, do ELF-ALF e de Gaël, na prisão por 6 meses a seguir à manifestação de Nantes contra a Lei El Khomri [ministro do Trabalho]
Oficina da escrita de cartas a presxs – domingo, 10 de Abril de 2016, das 2 às 6 da tarde. Em apoio à presa Rebecca Rubin, do ELF-ALF e de Gaël, na prisão por 6 meses
a seguir à manifestação de Nantes contra a Lei El Khomri [ministro do Trabalho]

Desde Janeiro que oficinas de escrita a presxs têm vindo a ser realizadas no Le Kiosque [Marselha],  a primeira por ocasião do dia de solidariedade com xs prisioneirxs trans, a seguir em suporte de Osman Evcan, na prisão desde os trintas anos de idade e a começar a sua quarta greve de fome para receber refeições vegan, ele e todxs xs presxs que o desejarem.

Desta vez é especialmente em solidariedade com Rebecca Rubin, a cumprir uma pena de prisão de 5 anos por incêndios, tentativa de incêndio e conspiração para cometer incêndios nos estados de Colorado, Oregon e Califórnia em nome do ELF e ALF entre 1996 e 2001 [também participou na libertação de cavalos selvagens na Califórnia e Oregon]. Um dos incêndios em 1998 provocou um prejuízo de 12 milhões de dólares
numa estação de esqui. Rebecca sempre se recusou a fornecer os nomes dxs outrxs participantes nesses incêndios.

Em 2006, Rebecca soube que estava a ser procurada pelos incêndios enquanto os meios de comunicação não hesitavam em a comparar a Osama bin Laden. Recusou-se a se entregar, sendo presa pelo FBI em 2012.

Solidariedade também com Gaël: Em Nantes, durante uma das manifestações contra a lei do trabalho, sete pessoas foram colocadas sob custódia. Duas foram libertadas com citações ao passo que Gaël continuou trancado até ao seu julgamento na segunda-feira, 21 de Março, onde foi condenado a 6 meses de prisão.

Encontro na tarde de domingo, 10 de Abril, das 2 às 6 da tarde, no Le Kiosque (no 38 da rua Clovis Hugues, Belle de Mai):

Oficina de escrita de cartas
Emissões de rádio anti- carcerárias
Música
InfoKiosque
🙂

A solidariedade é uma arma

Agora, tal como a partir de Maio de 2014, Rebecca encontra-se no Instituição Correcional Federal de Dublin [FCI Dublin], na Califórnia:

Rebecca Rubin
#98290-011
FCI Dublin
5701 8th Street – Camp Parks
Dublin, California 94568
USA

França: Solidariedade com Gaël

A 17 de Março, após uma manifestação em Nantes contra a Lei do Trabalho, diversas pessoas foram presas. Gaël passou 48 horas detido numa esquadra antes de se colocado sob custódia. Segunda-feira 21, presente a um juíz, foi imediatamente condenado a 6 meses de prisão efectiva.

A 24 de Março, após uma nova jornada de manifestações, uma faixa foi colocada numa ponte, em solidariedade com Gaël.

Liberdade para Gaël. Fode a bófia!
Liberdade para Gaël. Fode a bófia!

Também a 30 de Março, em Paris, algumas pintadas foram realizadas na zona de Sacré Coeur, exigindo a sua liberdade.

Liberdade para Gaël
Liberdade para Gaël
Liberdade 1871
Liberdade 1871
Gaël liberdade
Gaël liberdade
Viva a comuna de 1871
Viva a comuna de 1871
1871 – Gaël liberdade – 1871
1871 – Gaël liberdade – 1871
Anti-capitalismo – Liberdade para Gaël
Anti-capitalismo – Liberdade para Gaël

em inglês 1  2

Nantes, França: “Trans na prisão, liberdade!”

trans-prisoners22 de Janeiro

Esta é a mensagem da faixa que fixámos por cima do anel viário de Nantes ao início da manhã de 22 de Janeiro, na Jornada Internacional de solidariedade com xs prisioneirxs trans. Em França, como em qualquer outra parte, as pessoas trans sentem mais particularmente a repressão do Estado e da sociedade, o que xs conduz mais do que ao resto da população perante os tribunais e à prisão. Para alguns e algumas delxs, às opressões transfóbicas juntam-se as opressões racistas, xenófobas, misóginas ou homofóbicas. Isto também acontece dentro das prisões onde as discriminações e desigualdades na sociedade afetam mais duramente estas pessoas, especialmente as mulheres trans.

As prisões servem para proteger os privilegiados das classes dirigentes e para criar medo entre os pobres e os menorizados. Porque pensamos que todas as prisões deveriam desaparecer e que ninguém deveria viver o confinamento, expressamos deste modo a nossa solidariedade com todas as pessoas trans que estão presas e são reprimidas.

em inglês

Nantes, França: Dia de ação massiva a 9 de Janeiro (alteração da data)

2016-01-09_tractoperif_a4-hdNo cartaz pode-se ler:

Nenhuma expulsão em Notre-Dame-des-Landes. NÃO AO AEROPORTO.
De bicicleta, em trator ou a pé na periferia de Nantes! Sábado, 09/01/16. Na chamada dos componentes da luta contra o aeroporto.

ATENÇÃO!

A mobilização geral dos opositores ao projecto do aeroporto foi alterada para 09/01/16 [na convocatória anterior era 16/01] após o anúncio da audiência a 13/01 para expulsar os residentes e os camponeses históricos.

Após o julgamento “interrompido” de 10 de Dezembro destinado a expulsar os habitantes históricos – e num clima de anúncio de despejos e de se retomarem os trabalhos no início de 2016 – vamos mostrar tanto a Vinci como ao Estado que não os vamos deixar fazer isso.

O movimento contra o aeroporto apela para um grande dia de ação no sábado, 9 de Janeiro de 2016.

Na região de Nantes uma marcha de biciclos-trator e a pé está a ser preparada.

Ansiosos para nos encontrarmos uns/umas aos/às outrxs nas estradas e ruas.

Alguns/mas membrxs das várias componentes da luta NDL [Notre Dame-des-Landes] (incluindo ACIPA, ADECA, COPAIN, alguns/mas ocupantes da ZAD, reunidos numa assembleia geral em 14 de dezembro)

em  inglês  italianoalemão

Nantes, França: Chamada de atenção para um dia de ação massiva a 16 de Janeiro

Em caso de arranque dos trabalhos ou um despejo do ZAD: mobilizações, ocupações, bloqueios. Mais informações a partir do seu comité local ou em zad.nadir.org
Em caso de arranque dos trabalhos ou um despejo do ZAD: mobilizações, ocupações, bloqueios. Mais informações a partir do seu comité local ou em zad.nadir.org 

Após o julgamento “interrompido” de 10 de Dezembro destinado a expulsar os habitantes históricos – e num clima de anúncio de despejos e de retomarem os trabalhos no início de 2016 – vamos mostrar tanto a Vinci como ao Estado que não os vamos deixar fazer isso.

O movimento contra o aeroporto apela para um grande dia de ação no sábado, 16 de Janeiro.

Na região de Nantes uma marcha de biciclos-trator e a pé está a ser preparada

Apelamos aos comités de apoio e a todos os oponentes para imaginar agora como participar neste dia com ações similares (ou outras) nas suas regiões ou para se juntarem a nós.

E pôr a circular amplamente a informação à sua volta. Mais informações em breve.

Ansiosos para nos encontrarmos uns/umas aos/às outrxs nas estradas e ruas.

Alguns/mas membrxs das várias componentes da luta NDL [Notre-Dame-des-Landes] (incluindo ACIPA, ADECA, COPAIN, alguns/mas ocupantes da ZAD, reunidos numa assembleia geral em 14 de dezembro)

Suíça: Sabotagem contra a grande empresa de construção Vinci

Acção de solidariedade com xs ocupantes da ZAD, que estão ameaçadxs de expulsão e aquelxs que lutam contra o projecto do aeroporto de Notre-Dame-des-Landes.

Na noite de sexta-feira, 30 de setembro, sábado, 1 de outubro, as máquinas de bilhetes em dois parques de estacionamentos em Lausanne e Nyon foram sabotados. Ao mesmo tempo, vários slogans foram escritos nas paredes destes locais como “Não vamos deixar-nos desenvolver!” “Vinci fora!” “A ZAD está em toda parte!”.

Estes parques de estacionamento são controlados pela PMS, uma empresa de gestão de parques de estacionamento, de propriedade da Vinci, a maior empresa de construção no mundo. Vinci é responsável pela execução do projecto de um novo e  gigante aeroporto em Nantes. Esse projeto ignóbil e desnecessário ameaça uma área arborizada no norte da cidade, a qual é atualmente ocupada por pessoas que lutam contra este projeto. A série de sabotagens  dos estacionamentos no oeste da Suíça são um golpe para a monstruosa Vinci e uma ação de solidariedade com xs ocupantes da Zona a Defender (ZAD) que podem ser despejados de suas áreas de habitação no próximo inverno.

fonte: lereveil.ch