Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Montevideu, Uruguai: Ataque incendiário ao quartel-general do adido militar argentino

A 2 de Fevereiro, um edifício do Estado argentino (Adido Militar), localizado na área de Pocitos, foi alvo do nosso ódio pela repressão realizada em Dezembro de 2016 sobre os manifestantes que se opõem à devastação ecológica causada pela empresa de mineração Barrick Gold, responsável por vários derrames de cianeto na região da província de San Juan assim como pela repressão de 10 de Janeiro contra a população Mapuche, na província de Chubut, em conluio com paramilitares da empresa privada Benetton.

Seja qual for o estado, a nossa solidariedade é com as populações, não com os governos.

Que a anarquia e a solidariedade não sejam apenas palavra escrita!!
Pela Morte de todos os Estados e do Capital!!!

Como nota final, aderimos à campanha regional contra o Plano do Projeto IIRSA.

Cadelas Incendiárias Fania Kaplan

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>