Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Greve Geral: acontecendo agora!

Tradutorx voluntárix do FogoGrego.

00:32 (+2 GMT) A estação de metrô Evangelismos não abrirá hoje, dia de Greve Geral. A estação de metrô Evangelismos é um dos três pontos de bloqueio.

07:53 (+2 GMT) Pessoas se aglomeram fora do parlamento na praça Syntagma e nas entradas laterias do parlamento na avenida Vasilisis Sofias. Um imenso muro (2,5 m de altura) de ferro e plexiglass da polícia bloqueia a rua.

08:52 (+2 GMT) Uma corrente humana foi formada em frente do parlamento. As pessoas que se encontraram no ponto de bloqueio de Evangelismos estão precisando de reforços enaqunto 150 manifestantes se juntam no estádio Panathenaic (na Avenida Vasileos Konstantinou).

09:35 (+2 GMT) Tensão em frente ao monumento do soldado desconhecido da praça Syntagma. A polícia antidistúrbios (MAT) é provocativa. Xs manifestantes estão gritando palavras de ordem contra a polícia.

10:03 (+2 GMT) Por volta de 300 manifestantes no pré-encontro da Greve Geral no Museu Arqueológico Nacional de Atenas.

10:08 (+2 GMT) Uma parte das pessoas em frente ao parlamento está gritando slogans fascistas. Ao mesmo tempo em que a polícia prende pessoas na Avenida Vasileos Konstantinou.

10:20 (+2 GMT) Relatos de 10 pessoas detidas até agora e duas feridas no bloqueio da Avenida Vasileos Konstantinou e Rua Rizari. Centenas de brutamontes da polícia DELTA/DIAS (times de polícia motociclista) no local. Xs manifestantes tentaram bloquear alguns/algumas parlamentares que estavam à caminho do parlamento. Necessário reforço do bloqueio no Estádio Panathenaic.

11:12 (+2 GMT) Um grupo de manifestantes vindxs do bairro Zografou foi bloqueado e imobilizado pelos times DEALTA/DIAS na altura de Evangelismos. Xs 10 manifestantes detidxs mais cedo foram soltxs.

11:25 (+2 GMT) Egio, Achaea: Mais de 400 manifestantes na praça central de Egio, em Achaea (oeste da Grécia) estão pra começar uma marcha pelas ruas da cidade.

11:30 (+2 GMT) Tessalônica: Os sindicatos de base começaram seu protesto de Kamara indo ao Centro de Trabalho de Tessalônica. Mia de 1000 pessoas participam da marcha.

11:56 (+2 GMT) Trikala: A manifestação de quase 150 esquerdistas, “indignadxs”e anarquistas acaba de terminar. Começou no Centro de Trabalho da cidade e terminou na prefeitura, bloqueando-a por uma hora.

12:16 (+2 GMT) Atenas: Tensão em frente ao muro de plexiglass na Avenida Vasilisis Sofias Avenue. Manifestantes começaram a empurrar o muro e a polícia usou gás lacrimogêneo.

12:36 (+2 GMT) Serres, nordeste da Grécia: Depois do fim do protesto a Assembléia Popular Aberta da Praça Eleftherias decidiu por unanimidade ocupar a prefeitura. A prefeitura seguirá ocupada pelxs manifestantes até às 17:00, quando uma nova assembléia acontecerá.

12:44 (+2 GMT) Lamia, Grécia central: Sindicatos de trabalhadorxs ocuparam as premissas da prefeitura, a mesma coisa aconteceu na prefeitura de Creta.

12:46 (+2 GMT) Atenas: A grande marcha da Greve Geral começou no Museu e agora está marchando até o parlamento, pela rua Stadiou.

13:00 (+2 GMT) Ioannina: Por volta de 70 manifestantes ocuparam o prédio da prefeitura; 15 delxs finalmente conseguiram entrar e lutas em pequena-escala irromperam no prédio. Forças policiais cercaram o prédio, mas um grupo de 150 manifestantes em solidariedade com xs que conseguiram entrar lutaram contra a polícia desfazendo o cerco.

13:15 (+2 GMT) Praça Syntagma: Alguns/algumas manifestantes jogaram pedras contra as foraças policiais em frente ao parlamento e um grupo de fascistas que estava lá tentou prevenir os ataques. Lutas então aconteceram entre anarquistas e fascistas em frente ao parlamento. Xs anarquistas, juntxs a outrxs manifestantes, conseguiram escurraçar a escória neo-nazi do local. Uso contínuo de bombas de gás lacrimogênio da polícia contra xs manifestantes.

13:34 (+2 GMT) Ilha de Syros: Na cidade de  Ermoupolis manifestantes ocuparam a prefeitura.

13:50 (+2 GMT) Atenas: Confrontos entre manifestantes e forças policiais nas ruas  Rigilis e Amalias. Centenas de manifestantes se confrontaram em frente ao parlamento; pelo menos umx manifestante seriamente ferido em frente ao hotel Grande Bretagne.

14:00 (+2 GMT) Mais premissas de prefeituras foram ocupadas, até então o QG da prefeitura da Grécia Central (Lamia), Creta, Corfu e Syros. Mais cedo em Atenas anarquistas localizaram entre elxs um policial encapuzado portando coquetéis molotov, enquanto outrxs manifestantes (incluindo) fascistas começaram a culpar anarquistas acusando-xs de serem policiais disfarçadxs e xs atacaram. Um coquetel molotov foi jogado contra a polícia em frente ao parlamento.

14:15 (+2 GMT) Tensão na praça Syntagma continua. Na rua Akadimias a polícia jogou muitas bombas de gás lacrimogênio minutos atrás. Confrontos entre policiais e manifestantes em frente ao Ministério da Economia; muitas bombas de gás (polícia) e molotovs (manifestantes) foram jogados. Pessoas de volta à porta do parlamento preparando-se para um stand-off. Em frente ao parlamento, anarquistas e fascistas se encontravam próximos unxs dxs outrxs gritando palavras de ordem; a situação estava muito tensa e, após confrontos, xs fascistas foram chutadxs para fora do local.

14:28 (+2 GMT) Milhares de pessoas ainda estão envolta do parlamento. O muro de plexiglass não está lá mais, mas a polícia se moveu se posicionando mais próxima da praça; elxs estão formando um cordão de 4 linhas. Mas muitxs novxs manifestantes tem chegado para participar do bloqueio em frente ao parlamento. Fascistas, políciais a paisana e policiais de uniforme estão em volta, mas o povo parece não ter medo e continua se concentrando. Em Tessalônica, apesar da chuva, milhares cercaram o local do sub-ministério do Nordeste da Grécia.

14:29 (+2 GMT) Ataque em massa da polícia em Atenas; gás lacrimogênio e bombas de efeito moral em todo lado em Syntagma. Pedras contra a polícia e contra o hotel Grande Bretagne.

14:41 (+2 GMT) Chania, Creta: Depois do fim do protesto de aproximadamente 3.000 grevistas, a Assembléia Popular Aberta decidiu ocupar as premissas da prefeitura. O prédio está ocupado já a uma hora em solidariedade axs manifestantes em Atenas. às 15:00 uma nova assembléia decidirá novas ações.

14:45 (+2 GMT) Confrontos por toda praça Syntagma. Manifestantes respondem com pedras aos ataques policiais, a praça está coberta de pó branco das bombas, mas o povo ainda está lá, enaqunto outrxs estão se reconcentrando nas ruas em volta da praça e tentando voltar a ela.

15:30 (+2 GMT) Um grande grupo de furiosxs manifestantes está atacando 3 esquadrões da polícia antidistúrbio na rua Filellinon. Relatos falam de cerca de 4.000 pessoas lutando contra a polícia nesta mesma rua.

15:56 (+2 GMT) Grandes confrontos na rua Filellinon, pelo menos umx presx em Syntagma. O povo não abandona a praça; ataques policiais contra todo mundo. Barulhos de granadas de concusão e bombas de gás lacrimogênio em todo lugar. O povo se defende na praça chutando a polícia para fora dela em várias partes. A polícia atacou duas vezes ambulâncias que entravam para recolher manifestantes feridxs, enquanto uma bomba de gás lacrimogênio foi jogada dentro da Tenda Médica do acampamento.

16:00 (+2 GMT) As forças policiais continuam com seus ataques assassinos contra milhares de manifestantes que continuam na praça Syntagma. A situação é crítica já que a polícia assedia milhares de pessoas de todas as idade. A polícia conseguiu bloquear a rua na altura da rua Fillelinon.

16:20 (+2 GMT) Apelo urgente do time médico na praça Syntagma por medicamento anestésico.

16:30 (+2 GMT) Condições de guerra em toda a praça Syntagma enquanto a polícia continua no uso excessivo de bombas de gás asfixiante e lacrimogênio. 2 manifestantes detidxs. Marcante é o espírito do povo, que continua a resistir de mãos limpas.

16:33 (+2 GMT) Volos, Grécia Central: Protesto de 3.000 ocupa a prefeitura e realizam uma assembléia dentro. O prefeito de Volos continua preso bloqueado dentro do prédio.

16:41 (+2 GMT) Syntagma: Quatro manifestantes feridxs foram trasnferidxs para o hospital. Relatos do time médico diz de muitas pessoas com problemas respiratórios.

16:49 (+2 GMT) Pessoas tentam gradualmente retornar à Syntagma, música novamento nos auto-falantes. Mas exatamente agora, a polícia volta a atacar em massa, cercando grupos de pessoas na parte baixa e tentando evacuar a praça inteira com gás e imensa violência.

16:53 (+2 GMT) Um grande grupo de manifestantes caçam um grupo de políciais DIAS/DELTA na rua Panepistimiou. Os auto-falantes chamam xs manifestantes a voltar à praça, mas é difícil permanecer lá devido a tanto gás jogado pela polícia. Ainda assim, pessoas resistem e ficam na praça.

17:07 (+2 GMT) Motociclistas da DIAS ataca pessoas na rua Amalias que cantavam “pão, educação, liberdade, a Junta (militar) não acabou em 1973″ e “polícia, porcos assassinos”. Sons de bombas de efeito moral e de gás novamente.  Música denovo nos auto-falantes da praça. O Centro de Mídia da Praça Syntagma circulou à poucos minutos o seguinte comunicado:

NO PASSARAN! Agora, falamos NÓS!
O parlamento grego está cercado. Milhares de manifestantes encheram as imediações da Bastilha grega. Desde 7 da manhã, xs “indignadxs” gregxs, gritando “não mais !”, e tendo seus corpos como único meio de luta, bloquearam as ruas e cercaram o parlamento.
E daí se a políca ergueu barreiras de ferro em frente do parlamento (V. Sofias) bombardeando, de maneira sem precedentes, com gás lacrimogênio as pessoas que se juntavam… E daí que todos os “lados e faces” das forças policiais (DIAS, MAT, etc.) tentaram dispersar os dois blocos em V.Konstantinou &Rizari and V.Konstantinou & Rigillis, ainda continuamos aqui resistindo!
O governo grego com a polícia sempre pronta a ajudar, tem tentado por algumas horas assassinar e destruir eticamente o grande movimento dxs indiginadxs, de pessoas honestas que tomaram as praças e ruas do país.
Para quem quer que seja que tente parar o cerco pacífico dxs “perigosxs e inúteis”, o maior protesto pós-Junta [N.FG.: ditadura militar que terminou em 1973], nós diremos apenas isso! Estamos aqui para ficar! Todas as Assembléias do Povo, ficaremos e nenhumprovocador político ou ético irá nos parar. Não há espaço para tal espécie no futuro da história!

17:21 (+2 GMT) O time médico da Tenda Clínica da praça Syntagma fazem um apelo por suprimentos. Muitas pessoas estão feridas devido aos ataques brutais da polícia. As pessoas podem chegar à Syntagma pela rua Amalias e pela Propylea e possivelmente pelo Metro. Pessoas cantam slogans anti-polícia e aplaudem ironicamente xs policiais. Batalhas ainda ocorrem na praça, forças da DIAS foram atacadas em Fillelinon, enquanto a poucos minutos atrás haviam atacado pessoas em frente ao jardim nacional na rua Stadiou. DIAS aceleram pra cima e pra baixo na rua Amalias atacando a marcha.

17:43 (+2 GMT) um pouco mais calma a situação em Syntagma. Milhares às ruas em volta da praça e em frente ao parlamento, mais pessoas estão chegando. Mais cedo o luxuoso hotel Prince George e o Minstério da Economia foram ambos atacados por manifestantes.

20:41 (+2 GMT) Um número estimado de 20 a 30.000 pessoas em Syntagma agora e mais chegando a cada momento. A assembléia de hoje a noite está acontecendo bem cedo e parece que vai se focar mais nos anúncios do Primeiro Ministro Grego Papandreou, sobre um possível governo de “união nacional”.


Resumo dos fatos ocorridos hoje, como relatados no Contra Info e From The Greek Streets. Para info mais atualizadas, cheque os links acima (tentarei manter o FogoGrego o mais atualizado dentro do possível).

Preciso de mais ajuda para traduções no FogoGrego (inglês x português, espanhol x português, grego x português), já que ando ralando sozinho. Se alguém se dispuser, favor entrar em contato: clique aqui para ver o email

Em solidariedade sempre, nos momentos mais difíceis e nos mais quentes.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>