Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Santiago, Chile: Faixa em memória de Lambros Foundas (10 de Março de 2014)

Contra toda a autoridade! (A)utogestão e guerra social. Lambros Foundas e todxs xs caídxs na memória –CLR

Contra toda a autoridade!
(A)utogestão e guerra social.
Lambros Foundas e todxs xs caídxs na memória –CLR

A Luta Revolucionária (Epanastatikós Agónas) é uma organização de guerrilha urbana anarquista na Grécia, que assume a luta armada como algo contínuo no tempo e de grande importância para a destruição do Estado e do Capital, para a revolução social e a criação de uma sociedade em anarquía, livre e sem Poder. Durante a sua ação foram realizados diferentes ataques a objetivos políticos e económicos cada um desses objetivos tinha participado na situação de crise que afeta a sociedade e são responsáveis do regime de terror a que as pessoas são submetidas.

No dia 10 de Março de 2010, é assassinado pela polícia o companheiro Lambros Foundas num confronto armado quando este tentava roubar um automóvel que seria utilizado para uma operação da organização. Um mês depois, após serem detidas seis pessoas sob a acusação de pertencerem a grupo catalogado como terrorista pelo Estado grego três delxs reconhecem a sua participação, reivindicam as ações e a caída em combate do seu companheiro através da “carta política à sociedade”.

“Assumimos a responsabilidade política pela nossa participação na L.R. Declaramos que o companheiro Lambros Foundas que caíu morto em Dafni a 10 de Março de 2010, após uma batalha com polícias, participou também nela. Esta batalha fazia parte do projeto subversivo decidido coletivamente pela L.R. Foi uma batalha pela revolução e pela liberdade.”

Durante os primeiros meses de encarceramento, nasceu Victor Lambros, filho de dois dxs companheirxs detidxs e que assumiram a sua partipação na organização. Atualmente, aproveitando o termo da prisão preventiva, a família encontra-se em fuga, sem deixar rasto até agora.

Através deste pequeno resumo, tentamos disseminar a informação sobre a organização Luta Revolucionária, esperando que seja um pequeno contributo para todxs. Com a faixa recordamos o companheiro caído e mandamos o nosso carinho e apoio axs companheirxs em fuga, deixando claro que a memória e a solidariedade não reconhecem idiomas, nem fronteiras.

Lambros Foundas Presente.
Contra toda a autoridade, autogestão e guerra social.

Coletivo Luta Revolucionária (CLR)
lucharevolucionaria@riseup.net

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>