Saronno, Itália: Ataque com molotov contra indústria bélica

royal_python_ Na noite de 28 para 29 de Janeiro deste ano a sede dos escritórios Rotodyne, em Saronno, foi atacada com um cocktail molotov.
A Rotodyne desenvolve equipamentos para a manutenção e construção de helicópteros e aviões de combate (EH 101, NH-⁠90, Eurofighter Typhoon), incluiendo o Lockheed F-⁠35 Lighting, concebidos e utilizados pelos fuzileiros navais, Aeronáutica e pela Marinha dos EUA – assim como muitos outros países da NATO, incluindo-se neles Itália.

Os distribuidores dos seus produtos e as empresas com as quais colaboram são a Alenia-Airmacchi, Augusta Westland (grupo Finmeccanica), Aereotech, Patria helicópteros. Os seus produtos foram adoptados pelas Forças Armadas dinamarquesas, irlandesas, gregas, italianas e de Omán; pela polícia holandesa, sueca e italiana; pelo Exército, Guarda Costeira e Marinha italiana. Ninguém pode permanecer passivo perante aqueles que fazem negócios com a guerra.

O correto é atacá-los, mas antes que os seus produtos possam contribuir para causar a morte e a devastação. Sermos espetadorxs disso seria tornarmos-nos cúmplices.

em espanhol