Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Lesbos, Grécia: Actualização sobre a No Border Kitchen

noborder

NEM FRONTEIRAS NEM NAÇÕES

Recebido a 30 de Março:

Os idiotas fascistas não tiveram a coragem de se mostrar ou os rumores (dos quais existem muitos, muitos deles circulando à volta da ilha) de que teríamos uma batida policial eram falsos. De qualquer modo e a propósito:

Hoje, 2 apoiantes da NBK [No Border Kitchen], juntamente com o nosso advogado, foram à câmara municipal explicar ao prefeito de Mytilene quais as nossas exigências. O prefeito começou pela afirmação de que se considera de esquerda no que toca a política e que nos queria mostrar uma face amigável. Depois de lhe explicarmos as exigências dxs refugiadxs na NBK, informou-nos que não tem poder politico para cumprir as nossas exigências. Disse-nos que tínhamos de deixar a praia de Tsambika no mesmo dia (hoje, 30-03-2016) ao que respondemos que era claramente impossível. Depois de se “negociar um acordo” a cozinha será retirada num período de 7 dias, a 06-04-2016. Informámos claramente que só iríamos remover a cozinha, deixando xs refugidxs decidirem por elxs o que farão, que iríamos respeitar as suas decisões e apoiar totalmente as suas decisões, continuando a apoiá-lxs de qualquer maneira possível.
O prefeito pôs a branco e preto no papel, assinado e carimbado com algum selo oficial, que não iria despejar a NBK, mandar qualquer polícia, Frontex ou autocarros para Moria antes de 7 de Abril.

Queremos fazer uma declaração clara de que nós (pessoas da NBK que apoiam xs refugiadxs) somos anarquistas. Queremos deixar claro que nunca pensámos que a conversa com o prefeito pudesse ter levado a um resultado mais positivo do que a situação actual dxs refugiadxs na NBK, Lesbos ou em qualquer parte. Não acreditamos nas mentiras de polícias, políticos e daqueles que estejam no poder, independentemente de se afirmarem de esquerda ou de direita, tentamos manter a nossa comunicação com os nossos inimigos ao mínimo possível. Queremos deixar claro também que no momento presente estamos a tentar evitar despejos, detenções e transportes para Moria e a deportação dxs nossxs companheirxs de toda a maneira possível. Infelizmente sentimos que estamos contra a parede, forçadxs a comunicar com aqueles que tornam a vida dxs nossxs companheirxs um inferno. Queremos deixar claro que esta comunicação não foi nem nunca vai ser a nossa decisão, não daremos o nosso consentimento e nunca iremos dar o primeiro passo para comunicar com os nossos inimigos.

No momento não nos é possível partilhar com o mundo quais serão os nossos próximos passos mas uma actualização sairá em breve.

Por um mundo sem fronteiras!!!

NBK Lesvos

e-mail: noborderkitchen(at)riseup.net
Infotel. (greek): 0030 698 340 69 78
Infotel. (ger.) : 0049 160 95 10 27 51

em alemão

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>