Copenhaga, Dinamarca: Embaixada da Argentina atacada com tinta

Foi na noite de 17 para 18 de Outubro que atacámos com tinta a entrada da embaixada argentina, em Copenhaga, além de lá termos grafitado o nome de Santiago Maldonado e um A circulado.

Esta ação surge na sequência do desaparecimento do anarquista Santiago Maldonado: o estado argentino é o grande responsável pelo que aconteceu há mais de dois meses. Alguns dias depois, ouvimos a triste notícia: o seu cadáver tinha sido encontrado [no rio Chubut]. Tanto o Estado como a polícia são responsáveis! Estamos furiosxs!

Anarquistas

em inglês l alemão l francês l espanhol