Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Greve geral grega em directo

Hoje realiza-se mais uma greve geral na Grécia. Solidariedade activa com o povo grego em revolta!

O update das noticias em tempo real estará também em en.contrainfo e occupiedlondon. O “newswire” em ingles vai ser lançado no indymedia de Atenas Também em espanhol.

Aqui no Indymedia de Portugal, ao longo do dia, espera-se notícias através da A.N.A. e com a colaboração de todos e todas, através da publicação livre, poderemos ter sempre notícias actualizadas. Também através do blog Contraocapital.

Solidarizemo-nos com a luta na Grécia! Todos e todas para a rua! A contrainformação é feita por todos/as!

http://www.youtube.com/watch?v=GthZEd35xwI&feature=player_embedded

17:37 (GMT +2) Atenas: Após uma pausa, houve pelo menos mais um confronto na Praça Syntagma. A polícia tentou dispersar a multidão, calma e pelo menos uma pessoa foi espancada por um grupo de cerca de 10 polícias sendo depois detida. A situação está de novo bastante tensa. A estação de metro de Syntagma foi encerrada outra vez.

16:50 (GMT +2) Atenas: Foi feito um apelo para uma concentração na Praça Syntagma às 19h (hora local). Até agora há a confirmação de 6 manifestantes feridos. Há muitos policias da brigada motorizada e da polícia de choque ao longo da Avenida Alexandras.

Volos: Houve três manifestações com um total de três a quatro mil pessoas.

16:30 (GMT +2) Atenas: Um manifestante ficou com queimaduras graves devido a uma granada de gás, foi transferido para o hospital. Ficou ferido com gravidade no joelho. Há pelo menos 20 detenções confirmadas e 4 ou 5 prisões confirmadas também. Dois polícias motorizados tentaram ferir um manifestante perto da Praça Syntagm mas foram atacados com molotovs e as suas motas foram totalmente consumidas pelas chamas. As pessoas estão a tentar organizar um concerto na Praça Syntagm para esta noite. A maioria das pessoas vai ficar até essa altura.

Salónica: 100-200 pessoas estão a dirigir-se para a esquadra da polícia de Aristotelous em solidariedade com um manifestante que foi detido e transportado para lá.

16:10 (GMT +2) Atenas: A polícia conseguiu dispersar grande parte das pessoas que estavam na Praça Syntagma com recurso a gás lacrimogéneo e à brigada de polícias motorizados. Neste momento as pessoas estão a regressar à praça e já foi convocada uma assembleia para esse local para o fim da tarde de hoje. O metro voltou a abrir.

Salónica: Detenções aleatórias por parte da polícia secreta. Vários confrontos na Praça Aristotelous. A esquadra da polícia em Ano Polis foi atacada por manifestantes com cocktails molotov.

15:38 (GMT +2) Atenas: Vários milhares de pessoas estão reunidas na Praça Syntagma, onde cordões policiais protegem o parlamento. Foi feito o apelo para toda a gente voltar à praça. Pelo menos 30 pessoas foram detidas em frente ao Ministério dos Negócios Estrangeiros. As autoridades da reitoria estão em reunião, ao que parece vão violar o asilo académico. As pessoas estão a juntar-se na Praça Omonoia para avançarem até à Praça Syntagma. A polícia fechou as estações de metro centrais.

15:23 (GMT +2) Neste momento há manifestações por toda a Grécia incluindo Atenas, Salónica, Patras, Ioannina, Kozani, Agrinio, Naxos, Rethymno, Volos, Arta, Heraklion, Larisa, Serres, Kefallonia, Mytilenes, etc. A cidade de Drama chegou a estar inteiramente ocupada por manifestantes durante algum tempo.

15:05 (GMT +2) Atenas: Vários blocos de pessoas estão a juntar-se em frente ao Parlamento e pedem que toda a gente se junte a eles. As pessoas de Exarchia estão a tentar formar uma Assembleia. Diz-se que o tamanho da multidão é similar ao da manifestação de 5 de Maio de 2010 (cerca de 250.000 pessoas!). Milhares de manifestantes estão ainda nas ruas à volta de Exarchia e Propylaea enquanto tentam chegar à Praça Syntagma. Numerosos polícias de choque bloqueiam as ruas. Em muitas zonas de Atenas as pessoas atiram pedras à polícia que responde com gás e granadas flash. Há um numero incerto de detenções. As estações centrais do metro fecham por curtos períodos de tempo. Ainda há uma multidão a ocupar a Praça Syntagma.

14:28 (GMT +2) Salónica: A polícia tentou dividir a manifestação atacando com uma grande quantidade de gás lacrimogéneo e granadas flash. Muitos multibancos foram destruídos e continuam os confrontos na Praça Aristotelous e ruas circundantes.

14:10 (GMT +2) Atenas é como uma câmara de gás. Há violentos confrontos por todo o lado e muitos manifestantes foram feridos, incluindo idosos e deficientes. Há muitos polícias à paisana de cara tapada. As pessoas continuam na rua a defenderem-se.

13:57 (GMT+2) Athenas: A manifestação foi gaseada e dividida em partes. Há confrontos em todo o lado e hjá noicias de motas da polícia em chamas. Tem havido detenções.

13:40 (GMT+2) Atenas: Milhares de pessoas estão na Praça Syntagma Foi utilizado muito gás lacrimogéneo para dispersar a multidão. Foram atirados Molotovs contra a polícia que está da parte de fora do parlamento. Houve manifestantes que tentaram ocupar o ministério das finanças, que fica perto dessa praça.

13:30 (GMT+2), Atenas: Há mais pessoas a concentrarem-se na Praça Syntagma. A polícia está a atirar gás lacrimogéneo. De acordo com a RADIO Radio Revolt, a polícia também atacou várias partes da manif em Salónica.

12:53 (GMT+2), Atenas: A manifestação é uma das maiores que Atenas já viu. Bom tempo e um ambiente óptimo. As pessoas dirigem-se para a Praça Syntagma.

12:50 (GMT+2), Atenas: A manif é enorme. Há relatórios que indicam que é maior do que as últimas manifs da greve geral do ano passado. O presidente (corrupto) GSEE (General Confederation of Greek Workers), Panagopoulos, foi provocado pelos manifestantes. O PAME (o sindicato ligado ao PC grego) organizou, como habitualmente, uma manif separada, quer também tem milhares de pessoas

12:30 (GMT+2), Atenas: Há detenções “preventivas” de sindicalistas. Milharesd e pessoas continuam a juntar-se. Há muitos polícias das secretas à volta de Exarchia e nas ruas envolventes.

Salónica: Polícias secretos foram perseguidos por manifestantes. Houve câmaras CCTV foram destruídas numa altura em que a marcha já começou.

Patras: Talvez mais de 4000 pessoas estão a marchar nas ruas centrais da cidade. Há migrantes que também se juntaram ao protesto.

12:00 (GMT+2): Milhares de pessoas estão a no centro de Atenas, Patras, Salónica, etc. As marchas ainda não começaram, porque ainda há muita gente a chegar. Há milhares de polícias (de choque, motorizada e secreta) a tentarem aterrorizar as pessoas.

Artigos relacionados:  [Grécia] Greve Geral: Grupo anarquista quer Syntagma como “a nova Praça Tahrir”

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>