Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Reivindicação de responsabilidade pelo bombardeio incendiário de 6 ATM em Atenas dedicado a Simos Seisidis

O COMUNICADO

Nas primeiras horas de sexta-feira, 7 de Outubro, destruíram-se seis caixas eletrónicas, ATM, em:

– Largo Kannigos, banco Pireus
– Zona de Vironas, Probank
– Zona de Galatsi , banco Alpha
– Zona de Kipseli, banco Alpha
– Zona Gizi, banco Agrotiki
– Rua Aiolou, banco National

A nossa ação é dedicada ao companheiro anarquista Simos Seisidis, que está no hospital das prisões Koridallos  tendo sido  julgado  em 16 / 9. Simos era procurado desde 2006 e existia uma recompensa por ele desde 2009, juntamente com os companheiros Marios Seisidis e Grigoris Tsironis, de Mihalis Hrisohoidis, no montante de 600.000 euros- pelo assalto ao banco Nacional na rua Solonos, do qual foi absolvido.

Simos, depois se ter negado a parar num controle acidental, em 3/5/10, na área de Keramikos, foi perseguido e baleado nas costas pelo polícia Panagiotis Bokos. Em seguida, em colaboração com o resto dos porcos que participaram na sua detenção, agrediram o nosso companheiro quando ele estava caído e já muito ferido.

Depois Simos é hospitalizado na “zona de abate” do hospital KAT, sendo guardado por sádicos bem armados da polícia, que o provocaram e assediaram a sua família cada vez que o visitaram, funcionando sempre com uma arrogante manipulação. Mesmo no momento da amputação da perna a bófia não hesitou em estar na sala de cirurgia.

Numa cidade onde os mercenários uniformizados que patrulham e protegem a plutocracia e seus símbolos aumentam continuamente, tentando reprimir qualquer reação contra o regime, alguns vão sempre resistir contra o totalitarismo moderno que querem impôr às nossas vidas.

LIBERDADE para o anarquista Simos Seisidis

SOLIDARIEDADE com o anarquista, Aris Sirinidis, que está a ser julgado pela atitude de companheirismo que teve para com o seu amigo perseguido Simos.

SOLIDARIEDADE com os dois companheiros procurados  Marios Seisidis e Grigoris Tsironis 


ATUALIZAÇÂO DA SITUAÇÃO DE SIMOS SEISIDIS

Simos Seisidis foi absolvido uma vez mais mas continua o revanchismo do sistema jurídico contra os anarquistas

O julgamento dos anarquistas Simos Seisidis e Aris Seirinidis chegou ao seu terminus em 11 de Outubro, em Atenas. Simos Seisidis foi absolvido da acusação de “intenção de assassinato” contra o polícia Panagiotis Bokos que lo alvejou na perna a sangue frío (o que lhe causou graves lesiões que resultaram na amputação da sua perna direita). Seisidis foi declarado culpado somente por porte de armas, condenado a 18 meses de prisão, uma sentença particularmente alta para este tipo de “delito”. Do mismo modo, o co-acusado anarquista Aris Seirinidis foi condenado a um total de 18 meses por “desobediência” (em vez de “resistência à autoridade”) e também por posse de armas, mas foi posto em liberdade sob fiança. Simos Seisidis permanece em prisão preventiva, acusado de roubo de armas do guarda de Romilos Kedicoglou (presidente da Corte Suprema de Grecia até 30 de junho de 2007), em 7 de abril de 2011.

Este é o quarto caso contra Simos Seisidis, que já tinha sido absolvido dos três anteriores. É óbvio que o Estado grego e as autoridades judiciais estão a fazer o que podem para manter encarcerado o anarquista Simos Seisidis, pois têm de justificar o perfil terrorista que têm vindo a construir-lhe  assim como também as torturas que sofreu em nome da ditadura democrática.

Guerra contra o regime!
Liberdade para o anarquista Simos Seisidis!

fontes: 1, 2, 3

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>