Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Berlim: Ataque incendiário contra a okupa Georg von Rauch-Haus

Por volta das sete horas da manhã (25/12/11), houve dois incêndios na casa: um no sótão e outro nas escadas. A essa hora estavam presentes na casa cerca de 150 pessoas, não só residentes mas também convidadas de uma festa. O incêndio saldou-se em 12 pessoas feridas, duas das quais com várias fraturas depois de terem saltado do primeiro piso, tomadas de pânico. Há duas crianças entre os feridos.

A casa encontra-se seriamente danificada, não há água nem eletricidade e quase todas as portas ficaram destruídas após os trabalhos de extinção e resgate por parte da brigada de bombeiros. Não é difícil imaginar que estes incêndios se tratem de ataques incendiários intencionais. Os mecanismos de solidariedade estão já em funcionamento e continuarão até que a casa seja totalmente reconstruída. Aqui poderão encontrar uma lista de necessidades urgentes: garrafas de água; termos para manter comida e bebida quentes; parafusos, cadeados (de bicicleta, também), tiras para o telhado; mãos para o trabalho de campo.

Se nos tocam numa, tocam-nos em todas! A todas essas pessoas que se atreveram a brincar com o fogo: acabareis queimadas!

Puro ódio aos criminosos incendiários! Afastem-se dos nossos projetos!

O CONTEXTO DA CASA

O nome da casa deve-se ao lutador anarquista  Georg von Rauch-Haus, assassinado a tiros por um oficial da polícia a 4 de Dezembro de 1971, em Berlim. Quatro dias depois da sua morte realizou-se uma assembleia e ocupou-se a casa. Cabe aqui mencionar que parte da assembleia foi um evento musical em direto com a banda Ton Steine Scherben que, em 1974, escreveria a “Rauch-Haus Song”. A “Georg von Rauch-Haus” funciona há 40 anos como centro autogestionado, enfocado na autoajuda de gente jovem. Este projeto, junto com outros de base autónoma e esquerdista, aparece numa lista de objetivos incendiários publicada online pelos neonazis. Por exemplo, já em Junho de 2011 em Berlím, houve um ataque incendiário contra a Tommy Weisbecker-Haus.

Conta bancaria de apoio à okupa: Georg von Rauch Haus KRZBG.E.V., Konto-Nr. 57 52 13 100, BLZ 100 100 10, Postbank Berlin

fontes: 1, 2

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>