Hamburgo, Alemanha: Ataque a sucursais bancárias em solidariedade com os rebeldes na Grécia

Na Grécia estão a lutar contra os resultados diretos das decisões tomadas pelos políticos alemães e outros europeus, a suas expensas e às nossas. A propaganda da imprensa alemã contra a Grécia enoja-nos.

A nossa solidariedade dirige-se aqueles que estão em greve e luta, aos que estão encarcerados e aos que se confrontam com a repressão. A nossa solidariedade vai também para os revolucionários da guerrilha urbana do grupo Luta Revolucionária, na Grécia, que estão a enfrentar os tribunais, devido a às suas ideias e lutas.

Durante as noites de 27 e 28 de Fevereiro, atacámos seis bancos em Hamburgo. O ataque aos bancos em Alemoney é um pequeno, mas claro sinal; por exemplo, fomos inspirados pela acção de solidariedade, realizada em Bielefeld, e espera-se que muita gente vá fazer o mesmo e enviar a sua solidariedade aos rebeldes na Grécia e a sua raiva e pedras contra os bancos e o sistema.

Esperamos que muita gente saia para a rua em Frankfurt e em toda a parte em 31 de Março, assim como nos restantes dias!

Por um verão quente! Liberdade!