Prisões gregas: Transferência repentina do anarquista Rami Syrianos

freeallprisonersO anarquista Rami Syrianos foi detido em 2011 depois de um assalto à mão armada contra a corporação estatal que organiza leilões de veículos confiscados pela polícia. Ele admitiu a responsabilidade pela expropriação, esclarecendo, entre outras coisas, que nega o trabalho e opõe-se à escravidão do salário. Rami foi condenado a pouco mais de 8 anos de prisão e tem lutado fortemente dentro da prisão.

A 10 de Julho de 2013, o companheiro preso foi transferido sem aviso prévio da prisão de Larissa para a de Domokos.