Atenas: Foi dada ordem de libertação ao anarquista Kostas Sakkas – são necessários 30.000 euros para pagar a sua fiança

Na Quinta-feira, 11 de Julho de 2013, um colectivo de juízes de apelação decidiu conceder a libertação do anarquista Kostas Sakkas. O companheiros completou 38 dias de greve de fome e encontra-se ainda no hospital de Nikaia.

As restrições são:
– o pagamento de uma fiança de 30.000 euros (terá de pagar esta quantia para ser libertado),
– o impedimento de sair do país,
– o impedimento de sair da região de Ática,
– a obrigação de se apresentar todas as segundas-feiras na esquadra de polícia mais próxima,
– a obrigação de residir apenas na morada que declarou com residência permanente,
– a proibição de comunicar ou de se encontrar com qualquer dos co-arguidos no caso da Conspiração das Células do Fogo (esta ordem foi imposta apesar do facto do companheiro enfrentar dois julgamentos pelo mesmo caso).

Ontem, às 19 h, realizou-se também outra assembleia em solidariedade com o Kostas Sakkas no Politécnico de Atenas (entrada a partir da rua Stournari) para organizar esta grande angariação de fundos, já que o companheiro deve pagar a fiança para sair da prisão.

FOGO ÀS PRISÕES!

Fontes i, ii, iii