Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Grécia: Ocupada a prefeitura de Rethimno, em solidariedade com Nikos Romanos

rethimno

Foto da manif solidária de 2/12/2014

Desde as 7 da manhã do dia de hoje, 4/12/2014, a prefeitura da cidade de Rethimno, na ilha de Creta, foi ocupada por solidárixs com a luta do anarquista preso Nikos Romanos. À volta da prefeitura havia muita polícia secreta e registaram-se algumas escaramuças. Segue-se a tradução do primeiro comunicado dxs ocupantes (falta o poema de Nazim Hikmet que citam no princípio):

[…]

Pela minha parte continuo, ultrapassando qualquer possibilidade de dar um passo atrás e responderei com LUTA ATÉ À VITÓRIA, OU LUTA ATÉ À MORTE.

Em todo o caso, se o Estado me assassinar com a sua atitude, o senhor Athanasiou e os seus amigos ficarão para sempre na história como um gang de assassinos, instigadores morais da tortura e assassinato de um preso politico. Esperemos apenas que existam aqueles espíritos livres que ajusticem à sua maneira o justo da sua justiça.

Concluindo, quero enviar a minha cumplicidade e amizade a todxs aquelxs que se têm posto do meu lado, de todas as formas e com todos os meios possíveis.

Por fim, algumas palavras para os meus irmãos: Yannis, que também está hospitalizado, Andreas, Dimitris e muitos outros. A luta também tem perdas, já que, no caminho de uma vida digna, temos de ir de mão dada com a morte, pondo tudo em xeque para tudo ganhar. A luta continua, com o punho contra a faca, uma e outra vez.

Tudo por tudo!

Nikos Romanos (3/12/2014)

Na quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014, ocupamos o edifício da prefeitura de Rethimno, como mostra de solidariedade com o compa Nikos Romanos, que desde 10 de Novembro está em greve de fome, colocando a sua vida como barricada para exigir assaídas educativas da prisão a que tem direito. A sua saúde encontra-se em perigo imediato.

A vingança do Estado contra Nikos Romanos não é por acaso. Tem a ver com a irredutível defesa  dos seus valores e decisões políticas contra o sistema da barbárie capitalista.

Em greve de fome solidária com a sua luta estão também os seus compas do caso de Kozani, Yannis Michailidis, Andreas-Dimitris Bourzoukos e Dimitris Politis.

Apelamos a todas as pessoas em luta para que tomem todas as iniciativas necessárias para a vitória do grevista de fome Nikos Romanos.

Apoiemos a ocupação da cidade de Rethimno.

Satisfação imediata da exigência de Nikos Romanos!

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>