Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Santiago do Chile: Adjudicação de dispositivo explosivo no Centro de Reinserção da Guarda Prisional

1-1 2-13-1Santiago 11 de Fevereiro de 2016

No dia 11 de Fevereiro dirigimos-nos para o cruzamento das ruas Pedro Lagos e Arturo Prat, lugar no qual se situa o Centro de Reinserção da Guarda Prisional, onde colocámos uma poderosa bomba de relógio. Este foi um acto consciente e libertário, que longe de querer causar dano a transeuntes, procurou ter como alvo directo não só as instalações do dito recinto como também, se possível, levar no mesmo golpe a vida de alguns/mas carceireirxs, não nos importando categorias ou postos. Acabar com qualquer um/a destxs miseráveis será sempre, para nós, um gosto.

Há que mencionar que o engenho falhou e assumimos que isso se passou devido a erro nosso e não ao eficiente trabalho da polícia, como se disse na imprensa.

Juntamente com isto, aproveitamos para advertir todxs estxs subhumanxs uniformizadxs – em especial ao Tenente Lagos e ao gangue de rufias que há na prisão concessionada Santiago 1 – que hoje improvisámos uma carga explosiva. Amanhã podem ser 9 milímetros nas suas cabeças. Que o saibam e o tenham bem claro: Aos/às presxs políticxs não se lhes toca.

Com esta explosão saudamos xs nossxs irmãos/ãs encarceradxs nos diversos centros de detenção espalhados por todo o mundo. Também uma saudação para xs sempre subversivxs Juan Aliste Veja, Marcelo Villarroel Sepúlveda e Freddy Fuentevilla Saa, a resistir com dignidade na Prisão de Alta Segurança, após terem sido condenados no mediático caso Security.

A Hans Niemeyer Salinas e Alejandro Astorga Valdés. A Juan Flores Riquelme, Nataly Casanova Muñoz e Enrique Guzmán Amadeus, encarceradxs num dos processos mais dantescos dos últimos anos. A Tamara Sol Farías Vergara, Natalia Collado, Ignacio Muñoz, Kevin Garrido e Joaquin Garcia. Todxs elxs são presxs da Guerra Social no Chile.

A Francisco Solar e Mónica Caballero, companheirxs acusadxs em Espanha como bodes expiatórios do novo inimigo interno a combater. Companheirxs a vossa coragem enche-nos de convicção.

É imperativo nosso recordar que numa Acção como a que empreendemos hoje, mas há quase 7 anos atrás, morreu o companheiro Mauricio Morales Duarte, produto da detonação antecipada do engenho explosivo que trazia consigo. Companheiro, neste dia estiveste mais presente que nunca nos nossos corações.

Honra e Glória aos/às guerreirxs caídxs em luta contra o Estado/Capital.

Sebastián Oversluij e Mauricio Morales presentes em cada golpe contra o Poder.

Presxs Politícxs em guerra em liberdade já!!
Ruas para levantar a Insurreição!!

Célula Insurreccional 11 de Dezembro – FAI / FRI
Núcleos Antagónicos da Nova Guerrilha Urbana

em espanhol

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>