Kiev, Ucrânia: Carro de luxo incendiado pelo grupo anarquista “Vingança de Marusya Nikiforova” – FAI

Às 2 da manhã [16 de Julho de 2017] anarquistas incendiaram um luxuoso Range Rover Evoque de 3 portas da Land Rover. O carro estava no parque de estacionamento privado de um edifício residencial de 9 andares, na rua Olevskaya, nº 3 – B, na zona de Novobylici na cidade de Kiev. Como resultado da ignição o carro ficou completamente calcinado.

Assumimos a responsabilidade pelo fogo posto num carro caro nos arredores da cidade. Esta ação foi planeada e levada a cabo pois desprezamos esta próspera merda.
Percorrendo o distrito na área de Novobelichi encontra-se muitos sem abrigo e gente pobre, vivendo em prédios altos, degradados e que são baratos.  Os seus ganhos mensais ou pensões dão somente para se alimentarem e comprar as coisas básicas de sobrevivência. Com esses parcos rendimentos seria impossível economizar para comprar um carro de 10 mil dólares, ainda menos de forem 30 mil ou mais.

Mas, entre esta pobreza em massa distingue-se claramente a classe dos cidadãos indinheirados. Eles têm boas casas, rendimentos alto e chiques carros ligeiros de 3 portas. Para eles é nojento apanhar o metro e os autocarros da cidade colapsada não lhes são familiares. Orgulham-se da ostentação da riqueza e da sua suposta superioridade social. Não querem saber como vivem os seus vizinhos. Pensam que é a ordem natural das coisas e que sempre deveria ser assim.

Bem … Nós, por sua vez, também não nos preocupamos com essas pessoas ricas. Vamos queimar-lhes os bens e, se possível, expropriá-los. Não têm nada humano e entendemos isso perfeitamente.

A revolução em 2014 não trouxe mudanças fundamentais. Hoje, o presidente do país é o “oligarca do chocolate” Poroshenko. Trata-se do último bastardo demagógico, tal como o foi o Yanukovych derrubado. As autoridades ainda utilizam estratagemas para enganar as pessoas, ligando os problemas da guerra com os separatistas. E, ao mesmo tempo, em algumas áreas da capital há meses que não há água quente. Claro que este modo de vida não é familiar ao presidente tal como aos ministros e deputados.

Os/as anarquistas têm muito trabalho a fazer. À nossa frente, esperando-nos, uma luta perigosa e intransigente. Portanto: obter armas, resistir. O revolução social surgirá!

Aproveitando a oportunidade, expressamos calorosas palavras de solidariedade com xs companheirxs que recentemente incendiaram uma concessionária Porsche, em Hamburgo, queimaram uma carrinha diplomática e, no geral, tentaram pôr de pé o inferno durante a Cimeira do G20.

[Também algumas palavras sobre esse fogo posto]

O guarda do estacionamento acabou por se revelar uma pessoa comum. Em vez de ter dado um vigilância vigilante aos carros caros de cidadãos corruptos, tomou uma posição horizontal, ligou o laptop – simplesmente descansou.

O nosso louvor a tais guardas.

Para enviar este carro para o inferno, precisávamos apenas de 1,5 litros de uma mistura combustível (napalm). Foi despejado entre a tampa do motor e o pára-brisa. A mistura foi incendiada com um rifle de caça”.

No site oficial do “Serviço de Estado da Ucrânia para Emergências de situações em Kiev ” está escrito que a chamada chegou às 2:01, mas o fogo só se apagou às 2:50.

Grupo anarquista “A vingança de Marusya Nikiforova” / FAI

N.T. Marusya Nikiforova é o nome popular de Maria Nikiforova (1885–1919) – Guerrilheira anarquista ucraniana (Exército Insurrecional Revolucionário da Ucrânia).

Letra da canção no vídeo:

Tudo o que explode, tudo o que queima,
Para nós no nosso caso vai ajudar.
Há tantas boas razões,
O mundo dos ricos para perturbar.

Um, mundo dividido em classes é impossível!
Dois, mundo dividido em classes!
Três, mundo dividido em classes!

Tudo o que roubaram de nós
não é possível recuperar sem luta.
Este é um dos motivos sérios,
Bater na burguesia!

via insurrectionnews