Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Paris, França: Julgamento pelo incêndio do carro da polícia da rua Valmy

De 19 a 22 de Setembro, 9 pessoas serão julgadas, acusadas do ataque a um carro da polícia ocorrido na rua Valmy, em Paris, no dia 18 de Maio de 2016. Duas dessas pessoas estão em prisão preventiva à espera de julgamento – uma delas há mais de um ano – enquanto que outras seis encontram-se sujeitas a medidas cautelares e uma última está a ser procurada.

Naquele dia, em pleno movimento contra a “lei do trabalho”, alguns polícias foram-se concentrando na praça de la République para se queixar do “ódio anti-bófia”. Uma verdadeira provocação, após dois meses de manifestações reprimidas à base de lacrimogéneos, granadas, matracas, detenções. Uma contra-manifestação foi convocada e proíbida, no entanto lançam-se pelas ruas de Paris e dada altura cruzam-se com uma patrulha com dois bófias a bordo, o carro é atacado e a seguir incendiado.
Para muitxs esse gesto deu alento. Como deu alento quando tudo rebentou em Beaumont após o assassinato de Adama Traoré, em Aulnay, ou após a violação a Théo, ou ainda quando um carro policial é incendiado por sua vez em frente da delegacia do distrito 19, na noite do assassinato de Shaoyo Liu, ou por fim quando as ruas de Hamburgo se incendiaram durante o G20. Da mesma forma, acontece isso quando se devolve à bófia um pouco da humilhação e das brutalidades que eles infligem quotidianamente.

A justiça atinge com força sempre que os seus sequazes de azul são atacados. É que a justiça e polícia encontram-se ambas ao serviço do Estado e dos poderosos deste mundo, para perpetuar a ordem das coisas, baseados na exploração, racismo, sexismo, homofobia e que não deveria dar a impressão de poder mudar as coisas. Então faz falta pôr sob controlo, com a ameaça de prisão a todxs aquelxs  que,  por escolha ou por necessidade, saem dos caminhos pautados do trabalho, consumo, da submissão ao poder. Os meios à sua disposição são cada vez mais numerosos. Seja através do anúncio da construção de dezenas de novas prisões – para encerrar cada vez mais pessoas – da legalização a partir do estado de emergência permanente, ou inclusivamente a partir da nova lei sobre a legítima defesa da bófia. Tudo isto à base de “é para a sua segurança”, no meio da aceitação geral ou quase geral.

É neste contexto que o julgamento vai ter lugar, sem dúvida alguma sob uma forte pressão mediática para que seja feito um julgamento exemplar, contra a lei geral do trabalho e de forma mais geral contra a hostilidade difusa à polícia, particularmente palpável nos últimos tempos. Perante isto compete-nos não nos deixarmos amoradaçar. Expressemos a nossa nuestra solidariedade com aquelxs que sofrem a repressão devido a actos de revolta nos quais nos reconhecemos. Não deixemos a sala de tribunal aos jornalistas e à parte civil, entre os quais a Alliance, sindicato de polícia que apelou à manifestação do 18 de Maio de 2016, sempre prontos para se mostrar nos media, em campanhas racistas e apelando à segurança. Façamos viver a nossa solidariedade da mesma forma nas ruas. Aqui ou em outros locais, não deixemos que a justiça vá condenar na indiferença, sabotemos a cadeia do controlo e do confinamento, recusemos o “policiamento” das nossas vidas e as diversas medidas que têm como objectivo torná-la total e permanente.

Liberdade para xs acusadxs do incêndio do carro policial, queimado a 18 de Maio de 2016!
Liberdade para todxs!

Julgamento todos os dias às 13.30h de 19 a 22 de Setembro, sala 14 do TGI de Paris, metro Cité.

Atentxs às próximas convocatórias para discussõess e outras iniciativas solidárias!

em pdf (francês) aqui
cartaz  aqui

Para escrever à companheira (inglês e francês):

Kara (David Brault) 428682
MAH de Fleury Mérogis
7 avenue des peupliers
91705
Fleury, France – França

em francês via cettesemaine.info , espanhol

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>