Atenas: A ditadura grega lança feroz repressão contra xs grevistas em 5 de outubro

Mais uma vez milhares de pessoas marcharam pelas ruas centrais de Atenas, principalmente em protesto contra as rígidas medidas de austeridade. A greve geral de 5 de outubro foi convocada pelos dois maiores sindicatos colaboracionistas (as confederações de GSEE do setor privado e de ADEDY do setor público), mas na demonstração participaram também xs estudantes.

Como em greves gerais anteriores, xs trabalhadores no metro mantiveram as instalações subterrâneas abertas para as pessoas e, desta vez, até tentaram expulsar os esquadrões policiais que invadiram a estação de metro em Syntagma, durante o protesto.

Xs manifestantes marcharam em direção a praça de Syntagma, em frente do parlamento, onde pequenos conflitos irromperam com a polícia. Em várias ocasiões, os policiais jogaram gás lacrimogêneo e granadas flash-bang, enquanto espancaram manifestantes e vários jornalistas da media corporativa. A polícia também invadiu a estação de metro em Syntagma atacando as pessoas que estavam lá dentro.

Loukanikos, o cão que sai em Exarchia, também foi atingido pela polícia, antes (ou depois) ele conseguiu morder a bófia.

Na praça Syntagma um grupo de manifestantes viu um homem que parecia um neonazi, e imediatamente perseguiram-lo, atacando-o efectivamente. Mais tarde, as forças repressivas ajudaram este canalha a escapar. Antes e depois do incidente, a bófia entreteve-se a quebrar dezenas de cabeças de manifestantes, atirando várias vezes pessoas ao chão e, em especia,l batendo ferozmente num homem que estava a protestar com a polícia (naturalmente, nenhum pollícia de merda veio em seu socorro).

Manifestações, ainda no contexto da greve geral,também foram realizadas noutras cidades gregas, como em Tessalônica, Patras, Kavala, Xanti, Arta, Komotini, Ioannina e na ilha de Naxos. A participação das pessoas na greve de 5 de outubro foi, sem dúvida, significativamente inferior à de outras vezes.

No dia seguinte, houve um “detido” entre os polícias maníacos, visto ter espancado brutalmente uma jornalista (algo que quase todxs xs jornalistas simplesmente merecem, mas é claro que a polícia apenas tentou evitar a cobertura até mesmo dos eventos da media corporativa, pelo menos em Atenas).

A próxima greve geral na Grécia será realizada no dia 19 de outubro.

A NOSSA JUSTIÇA SERÁ VINGANÇA

Para mais informações, vídeos e fotos aqui

O vídeo acima indicado foi realizado em memória deTroy Davis (9 de Outubro 1968 – 21 de Setembro 2011), assassinado pelas autoridades neoliberais em 2011 pela sua cor de pele, depois de estar encarcerado 22 anos.