Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Itália: NO TAV – Detenções e notificações por todo o país

Nápoles: “Bloqueio à TAV Nápoles-Milão: Alessio livre, todos libertos já! Não à especulação!” (Clique no imagem.)

Em 26 de Janeiro, às 6h30 da manhã, uma vasta operação policial ordenada pelo procurador do ministério público de Turim atingiu em toda a Itália muitos amigos, companheiros e resistentes NO TAV –contra a construção do TGV– com detenções e outras medidas de coação. As práticas de resistência que despoletaram esta operação em massa dizem respeito a episódios de conflito relacionados com o despejo da Libera Repubblica della Maddalena –vários dos acampamentos/ocupações localizados entre barricadas no caminho ou local de construção da linha do TGV– culminando no cerco de 3 de Julho e por fim no longo verão do Vale de Susa.

Das mais de 40 medidas de coacção, 25 são prisões preventivas, 15 são termos de identidade e residência, 1 prisão domiciliária e 1 “foglio di via” (proibição de entrar ou permanecer em Turim).

Há detidos e notificados pelo menos em Biella, Milão, Rovereto, Turim, Vale de Susa, Asti, Génova, Pistola, Nápoles e Bolonha.

Vídeo (Vale de Susa)

A polícia entrou em casas de companheiros à procura de roupas, capacetes e outro material. Alguns dos mandatos foram sob o 41 TULPS (busca por armas e explosivos).

A solidariedade não se fez esperar e em Turim uma manifestação massiva ocorreu a 28 de Janeiro:

É por demais evidente que em tempos de cada vez mais pobreza, nos quais um “governo de técnicos” foi chamado para prevenir toda e qualquer situação de luta real, esta onda repressiva é um aviso. Quem nos governa pretende instigar o medo, incentivar o desespero e fomentar a divisão naqueles que lutam no Vale de Susa e noutros locais. É urgente sublinhar que estas buscas e detenções se inserem num período de acrescida repressão e mão pesada da polícia contra anarquistas e todas as pessoas em geral que tenham escolhido rejeitar qualquer forma de mediação ou reconhecimento por parte das instituições.

A todos os detidos, visados por medidas de coacção ou alvos de buscas, a nossa solidariedade!

No pasáran!

Atualizações constantes em informa-azione / em inglês
também em pt.indymedia.org

—Colaboração de compas

No comments yet to Itália: NO TAV – Detenções e notificações por todo o país

  • Contactos dos rebeldes NO TAV presos no final de Janeiro:

    A quem possa interessar, por se terem cruzado com eles/elas algures por esse mundo fora, por serem companheiros, por serem amigos, por serem indivíduos atingidos por uma repressão que visa travar toda uma luta contra um projecto que parece impossível de atacar (o TGV) e dar o exemplo, através do medo, a outras lutas em toda a parte… aqui ficam os contactos dos rebeldes NO TAV presos no final de Janeiro:
    http://www.informa-azione.info/solidariet%C3%A0_contatti_no_tav_arrestati

    TORINO – Carcere Lorusso Cotugno – via Pianezza 300 – 10151 Torino

    Gabriela Avossa
    Matteo Grieco
    Giorgio Rossetto
    Giuseppe Conversano
    Jacopo Bindi
    Luca Cientanni
    Tobia Imperato
    Federico Guido
    Alessio Del Sordo

    Mario Nucera è stato trasferito ai domiciliari

    Guido Fissore è stato trasferito ai domiciliari

    Maja è stata trasferita ai domiciliari

    Fabrizio Maniero (irreperibile)

    MILANO – Carcere San Vittore – Piazza Filangeri 2 – 20123 Milano

    Maurizio Ferrari
    Niccolò Garufi
    Kalisa Lorenzo Minani
    Marcelo Damian Jara Marin

    Filippo Marco Baldini (irreperibile)

    TRENTO – Casa Circondariale – Via Beccaria, 13 – Loc. Spini di Gardolo – 38014 Gardolo – TN
    Juan Antonio Sorroche Fernandez

    PISTOIA – Casa Circondariale – Via dei Macelli 13 – 51100 Pistoia
    Antonio Ginetti

    ASTI – Casa Circondariale Località Quarto Inferiore 266 – 14030 Asti
    Samuele Gullino

    ROMA – Carcere di Regina Coeli – via Della Lungara 29 – 00165 Roma
    Damiano Calabrò

    PADOVA – Casa Circondariale – via Due Palazzi 25a – 35100 Padova
    Zeno Rocca

    GENOVA – Carcere di Marassi – Piazzale Marassi 2 – 16139 Genova

    Gabriele Filippi

    PALERMO – Non sappiamo in che carcere sia recluso
    Nicola Arboscelli

    In http://pt.indymedia.org/conteudo/newswire/6623

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>