[República Checa] Chamada internacional de solidariedade com anarquistas represaliadxs na operação “Fénix”

Nos dias 2 e 3 de Agosto de 2016, pelas 09:30 no Tribunal de Praga (Městský soud v Praze) terá lugar a audiência judicial dxs anarquistas acusadxs de um ataque terrorista na fase de preparação – um plano iniciado pelos dois agentes infiltrados.

Agradecemos todas as formas de apoio.
A solidariedade é a nossa arma!

Nota: Em Abril de 2015, o Estado checo lançou uma campanha repressiva sob o nome de “Operação Fénix” visando o movimento anarquista ativo no seu território. Invasões de casas de lutadorxs, prisões, pertences pessoais confiscados, parentes e amigxs dxs detidxs perseguidxs e processos acusatórios cozinhados em esquadras policiais. Onze lutadorxs foram presxs como resultado desta operação, dos quais quatro foram enviadxs para prisão preventiva na República Checa, enquanto aos/às restantes foram dadas condições de fiança restritivas. Martin Ignačák, que é acusado de planear um ataque a um comboio de transporte de equipamento militar, foi de fato preso por agentes do governo que se infiltraram nos círculos anarquistas e que indicaram a meta juntamente com os planos para realizar tal ataque. Martin já passou mais de 14 meses na prisão à espera de julgamento; no entanto a vingança do aparelho de Estado contra o companheiro continua, com assédio constante dos seus familiares e as solicitações para substituição da prisão preventiva por condições de fiança negadas, além das condições debilitantes na prisão. Para resistir a isto, Martin realizou uma greve de fome desde 9 de Junho de 2016, usando o seu corpo como barricada contra o estatuto de excepção a que está submetido – a greve de fome entretanto foi terminada a 22 de Junho.

Atualizações: antifenix.noblogs.org