Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Santiago, Chile: Propaganda a 22 anos de um sangrento Janeiro e em saudação à querida companheira Sol F. Vergara

A 22 de Janeiro de 1992 após uma expropriação bancária são assassinados os revolucionários Alexis Munõz e Fabian Lopez – Memória e Combate

Alexis Munõz e Fabian Lopez vivem na revolta contra a ordem dos ricos – 22 de Janeiro 1992 – 22 de Janeiro 2014

Companheira Sol Farias Vergara para a rua! Ação e solidariedade!

sol03-768x1024

sol05-1024x840sol06-1024x622

sol07-1024x723

22enero04-1024x557

22enero05-1024x244“Não nos vamos entregar. A decisão não é de agora, mas de há muito… vamos jogar por inteiro…”
-Alexis e Fabián, barricados, em contato telefónico com a polícia e a imprensa.

Há exatamente 22 anos as balas da democracia tiravam a vida aos revolucionários Alexis Muñoz Hoffman r Fabián López Luque, integrantes da guerrilha urbana F.P.M.R os quais em 22 de Janeiro de 1992 expropriavam um camião de valores no campus Oriente da Universidade Católica conseguindo escapar e abrir caminho à custa de balas.

Após sair do setor são cercados pela polícia numa casa do município de Ñuñoa, onde decidem barricar-se. As câmaras e os uniformes da democracia, recém estreadas, começam a desembainhar as armas e depois de horas de perseguição e negociação televisionadas são abatidos ao vivo e em direto.

Nós combatemos a amnésia e o esquecimento com propaganda, enquadrando-a como mais uma das contribuições possíveis no âmbito da praxis anárquica multiforme.

Como um gesto mínimo e de resposta imediata perante a digna e formosamente rebelde atitude da companheira Sol Farias Vergara decidimos expandir a propaganda com a compa, aproveitando-se para lembrar a sua situação nas paredes de várias sucursais do BancoEstado. Saudamos a companheira na prisão assim como a permanentemente combativa posição da sua família.

Memória e Combate para @s companheir@s caid@s en combate  e para @s prisioner@s da Guerra Social!

Stgo. 22 Janeiro de 2014

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>