Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Tessalónica, Grécia: Cartaz solidário tendo em vista o segundo julgamento da Luta Revolucionária

“A luta revolucionária é um assunto de profunda e irredutível crença na destruição do Estado e do capitalismo”
–Pola Roupa, 8/8/2014

10 de Abril de 2014: A organização Luta Revolucionária ataca com um carro-bomba a Direção de Supervisão do Banco da Grécia, na rua Amerikis, em Atenas, no mesmo edifício onde se aloja o representante permanente do Fundo Monetário Internacional na Grecia, W. McGrew.

16 de Julho de 2014: É detido o anarquista Nikos Maziotis, que se encontrava na clandestinidade, membro da Luta Revolucionária – após um confronto armado com a bófia, do qual resulta ferido.

1 de Outubro de 2014: Durante uma operação dos serviços antiterroristas é detido o anarquista Antonis Stamboulos o qual ingressa em prisão preventiva sob a acusação de participante na organização.

16 de Outubro de 2015: O Estado e o Capital tentam julgar, pela segunda vez, a Luta Revolucionária. No tribunal especial das prisões de Koridallos conduzir-se-á um julgamento contra xs membrxs da organização Nikos Maziotis e Pola Roupa (procurada), contra o companheiro Antonis Stamboulos e contra Giorgos Petrakakos [ilegalista detido a 24 de Setembro de 2015 na cidade de Volos, após uma operação da polícia grega].

O que se maquina, na realidade, é outro terror-julgamento de emergência para condenar a necessidade do confronto armado com o Estado e o capitalismo. A necessidade da luta para uma ofensiva contra o monopólio estatal da violência legal. A crença na necessidade da luta pela Revolução Social e Anarquia – valores pelos quais deu a vida o companheiro e membro da organização Lambros Foundas.

Enquanto existirem os Estados e o Capital existirá também a luta pela destruição. Pela construção da sociedade anarquista revolucionária de igualdade, solidariedade e liberdade.

Solidariedade com xs membrxs da organização Luta Revolucionária e com todxs xs processadxs no mesmo caso.

Okupa Terra Incognita
terraincognita.squat.gr

em grego | espanhol

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>