Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

[Chile] Publicação pela memória insurreta e rebelde de Javier Recabarren

Brevemente será publicada, na sua tradução para português, em Contra Info
Múltiplas podem ser as formas como se recorda um/a companheiro/a, amigo/a,  irmão/irmã, cada qual de forma especial, através das recordações deles/as, das suas palavras ou afinidades com eles/as. São dos pequenos detalhes que surgem os contributos à luta e se constrói a memória daqueles/as que não deixaremos escapar do nosso caminho, resgatando a força posta por eles/as na construção da autonomia, a mesma que nos move, experiência compartilhada que em algum momento nos tornou cúmplices e que continuamos a propagar…

Agora é momento para se propagar um gesto carinhoso em recordação de um compa cujo recordação nos faz estremecer de emoção, tal como já foi feito através de um panfleto ou do reconfortante som de um vidro estilhaçado por uma pedra, devolvendo ao capital uma partícula da nossa raiva pelo compa que nos arrebatou no decorrer da sua rotina, da sua envolvente sociedade do esquecimento e escravatura. Uma contribuição mínima, um sensível gesto, mas também o reconhecimento da afinidade que sentimos, ao recordar os seus passos.

Javier Recabarren está cravado na nossa memória e acompanha-nos na nossa rota, as emaranhadas sendas da libertação total. Nelas não reconhecemos vícios, sejam pela pouca idade ou por falta de “maturidade”, já que a afinidade que nos une, o arrojo que nos incentiva e as convicções são as que dia a dia contribuem para a nossa construção.
Anónimo/a

Ps: Agradecendo profundamente aos/às compas que na semana de agitação responderam à chamada por Javier, aqui deixamos à sua disposição esta publicação – recopilando palavras e ações de um ponto de vista anárquico – no contexto da iniciativa que foi publicamente lançada em Março de 2017.

Clica aqui para ler/descarregar a publicação (espanhol)

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>