Arquivo de etiquetas: Trikala

Trikala, Grécia: Companheiro Vaggelis Koutsibelas libertado da prisão

fly

O companheiro Vaggelis Koutsibelas tinha sido detido em Abril de 2012 tendo ficado em prisão preventiva acusado de uma série de ataques incendiários, ocorridos durante a primavera desse ano, na cidade de Trikala.

A 7 de Março de 2013 foi condenado, em primeira instância a 15 anos de prisão. A 17 de Junho de 2014 o Tribunal de Apelações de Larisa reduziu a sua condenação a 8 anos e 3 meses. Visto que Vaggelis tinha cumprido já 250 dias de trabalho penitenciário, estimava-se que, em breve, poderia pisar de novo as ruas, solicitando a suspensão da pena.

De facto, a 24 de Outubro de 2014, o companheiro foi libertado da prisão de Trikala.

De acordo com as condições da sua liberdade condicional, tem de se apresentar mensalmente no departamento da polícia de Trikala e residir na habitação que estabeleceu como residência permanente até completar o que resta da sua pena suspensa.

Grécia: Atualização do caso do companheiro preso Vaggelis Koutsibelas

hopalakia

Vaggelis Koutsibelas foi condenado a 15 anos de prisão em primeira instância, acusado de uma sequência de ataques incendiários na cidade de Trikala. A acusação pesada contra ele foi baseada em grande parte em declarações de um informador da polícia.

No dia 17 de Junho de 2014, o caso do companheiro foi julgado em segunda instância, no Tribunal de Apelações de Larissa. Havia uma presença viva de pessoas em solidariedade na audiência, incluindo membros da SVEOD, União de base de trabalhadores motociclistas de Atenas (Vaggelis trabalhou como motorista de entrega motociclista, durante muitos anos).

O tribunal de apelação reduziu a sua sentença de prisão para 8 anos e 3 meses.

Vaggelis está na prisão de Trikala desde Abril de 2012, tendo completado 250 dias de trabalho prisional até agora. Companheirxs de Trikala estimam que, se tudo correr bem, ele possa ser posto em liberdade condicional no próximo ano, ou se ele for transferido para prisões rurais, seja capaz de sair da prisão mais cedo, no final deste ano.

Grécia: O novo julgamento contra o preso anarquista revolucionário Christos Stratigopoulos está programado para amanhã

Faixa em Lisboa, Portugal, de 23 de março de 2010: “Contra o Estado grego e todas as prisões. Liberdade para Bonanno e Christos”

Na quinta-feira, 26 de Julho de 2012, terá lugar um novo julgamento na cidade de Patras (oeste da Grécia) contra o anarquista Christos Stratigopoulos, acusado de assaltar um banco na ilha de Cefalonia em Julho de 2009.

O compa foi condenado e encarcerado pelo assalto a um banco em Trikala, pelo qual também assumiu a responsabilidade. Todavia, neste caso, Christos foi acusado em função de provas falsas e não tem relação de nenhum tipo com o assalto em Cefalonia.

A Cruz Negra Anarquista de Berlim difundiu duas chamadas de solidariedade (aqui, em alemão), concretamente um texto antigo da Assembleia de solidariedade com os/as combatentes presos/as e perseguidos/as em Atenas, assim como uma atualização recente do Fundo de Solidariedade com os/as presos/as em luta na Grécia. Este último menciona, entre várias coisas, que a sentença da prisão  de Christos ficou reduzida a cinco anos após um julgamento de apelação que teve lugar em Fevereiro de 2012. Assim, o compa teria de ter saído em liberdade duas semanas depois do final da audiência; no entanto continua refém nas prisões de Larisa devido às novas ordens de detenção e acusação.

O processo judicial pelo assalto ao banco en Cefalonia está programado para  26 de Julho de 2012, nos tribunais de Patras.

Mais informação em inglês