Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Atenas: Seis anarquistas iniciam greve de fome e sede nas prisões de Koridallos

Na 5ª feira, 12 de Dezembro enquanto estávamos encerrados nas nossas celas, o carcereiro Giannis Mylonas dirigiu-nos a palavra de maneira insultuosa. No dia seguinte, quando lhe pedimos explicações pela sua atitude,continuou arrogante, pelo que se lhe devolveu uma pequena parte da violência que exerce diariamente com a sua chave.

A administração penitenciária, testando os nossos limites e forças, decidiu quebrar a nossa comunidade.

Neste momento, cinco de nós estamos em isolamento, na secção disciplinar do módulo C, enquanto os nossos compas Yannis Naxakis e Babis Tsilianidis foram transferidos ao módulo D e o companheiro Grigoris Sarafoudis ao módulo E (os três últimos não estão nas secções disciplinares destes setores).

Estamos decididos a defender a qualquer preço a nossa comunidade já que, para nós, é elemento vital básico dentro do podre mundo da prisão. Não negociamos a nossa dignidade perante nenhum cobarde servo da ordem legal.

A 13 de Dezembro, iniciámos greve de fome e sede, exigindo regressar ao módulo A, para junto dos nossos compas.

A partir de agora, xs responsáveis do que possa ocorrer são os altos mandos Vasilis Lamprakis, Giannis Kontopoulos e Nikos Petropoulos, a diretora da prisão, Maria Stefi, a delegada do ministério público Troupi e a cabeçilha dos serviços sociais, Vaso Fragathoula, ou seja dos que formam o conselho da prisão.

Nem um passo atrás.

PS: Os nossos pensamentos estão com os lutadores prisioneiros em greve da fome Spyros Stratoulis, Rami Syrianos, Ergün Mustafa e Michalis Ramadanoglou.

Força, loucos, até à vitória

Fivos Harisis
Argyris Ntalios
Yannis Michailidis
Dimitris Politis
Giorgos Karagiannidis

Atualização:

O compa Babis Tsilianidis entra também em greve de fome e sede, a 14 de Dezembro, em solidariedade com os cinco compas grevistas. Em seguida uma declaração sua a esse respeito:

Os factos acontecidos esta sexta-feira na prisão de Koridallos são já conhecidos. Estou decidido a lutar para defender a comunidade que tem sido formada por vários anarquistas no módulo A, pelo que me uno à mobilização que començaram ontem Dimitris Politis, Yannis Michailidis, Argyris Ntalios, Fivos Harisis e Giorgos Karagiannidis.

Desde 14 de Dezembro de 2013, ao meio dia, estou em greve de fome e sede, exigindo o regresso dos 5 compas, antes mencionados, da secção disciplinar do módulo C ao módulo A. Igualmente, exigo o regresso ao módulo A de Giannis Naxakis, Grigoris Sarafoudis e o meu, pois fomos transferidos para o módulo D.

Abraços de companheirismo e força aos grevistas de fome Spyros Stratoulis, Rami Syrianos, Ergün Mustafa e Michalis Ramadanoglou.

Babis Tsilianidis
Módulo D da prisão de Koridallos

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>