Arquivo de etiquetas: Ioannina

Ioannina, Grécia: Okupa Antiviosi reocupada

antiviosiNa manhã de 18 de Janeiro de 2015, cerca de 50 companheirxs reocuparam a okupa Antiviosi, na cidade de Ioannina, despejada em Agosto de 2013.

Na noite de terça-feira, 27 de Janeiro, foi realizada no bairro a primeira manifestação após a reocupação da okupa Antiviosi. A manifestação foi animada, com muita entoação de palavras de ordem. Cerca de 100 companheirxs iniciaram a manif a partir da okupa, percorreram as ruas circundantes e distribuíram textos relativos à reocupação. Os manifestantes que iam na frente seguravam uma faixa que dizia: “A chama que incendiámos deflagrou e não pode ser posta fora”- A okupa Antiviosi vai ficar – Solidariedade com as okupas”.

Grécia: Sabotagem solidária na cidade de Ioannina

Na noite de terça-feira, de 25 para 26 de Novembro de 2014, sabotamos com cola 9 caixas automáticos na cidade de Ioannina, como mostra mínima de solidariedade com xs anarquistas em greve de fome Nikos Romanos e Yannis Michailidis, assim como com o grevista de fome Iraklis Kostaris.

Anarquistas

Nota de Contra Info: Segundo as últimas atualizações, Iraklis Kostaris, membro preso da organização marxista-leninista 17N, finalizou a greve de fome que estava a realizar desde 29 de Outubro de 2014, devido ao grave estado da sua saúde. A sua solicitação para ser transferido da secção de máxima segurança das prisões de Koridallos à secção de regime aberto das mesmas prisões, para que lhe reconstituíssem deste modo as saídas educativas da prisão, foi recusada.

Grécia: Ações de solidariedade com Rami Syrianos e Kleomenis Savvanidis

Na 2ª feira, 5 de Dezembro, um grupo de companheiros ocupou, durante cerca de uma hora, a rádio municipal de Ionnina (norte da Grécia), interrompendo a normalidade da programação, transmitindo mensagens de solidariedade para com o anarquista Rami Syrianos, atualmente aprisionado à espera de julgamento por expropriação do dinheiro de uma empresa estatal de venda em leilões, assim como para com o companheiro Kleomenis Savvanidis, a ser julgado, no mesmo caso, devido a falsas acusações.

No mesmo dia, na cidade de Patras, realizou-se uma concentração de solidariedade junto ao espaço ocupado Parartima, onde se distribuíram centenas de folhetos contra-informativos e se transmitiram mensagens de solidariedade através de megafone.
En Xanthi, os companheiros do Ateneu Autónomo colocaram um grande pano na escola politécnica da cidade para mostrar a sua solidariedade com os dois acusados. No sábado, 3 de Dezembro, distribuíram-se, por sua vez, centenas de folhetos na praça central.

Liberdade para o anarquista Rami Syrianos
Solidariedade com o companheiro Kleomenis Savvanidis

Fontes em grego: 1, 2, 3 / Tradução de fr.contrainfo
Fonte: pt.indymedia.org

Grécia: Solidariedade com o anarquista rebelde G. Koronaios, à espera de julgamento

Várias ações de solidariedade e contrainformação foram realizadas nos últimos dias na cidade de Patras, para com o anarquista rebelde G. Koronaios, que está sendo perseguido pelas autoridades gregas devido à sua declaração pública de oposição ao serviço militar. Koronaios está aguardando julgamento na Corte Marcial da cidade de Ioannina, que acontecerá na terça-feira, 13 de dezembro.

Na segunda-feira, 5 de dezembro, anarquistas, antiautoritários e autônomos se concentraram no Campus da Universidade de Patras, onde permaneceram por quase três horas, distribuindo centenas de panfletos e divulgando o chamado de solidariedade ao caso de G. Koronaios.

No sábado, 3 de dezembro, houve também uma concentração de solidariedade fora do espaço ocupado Parartima, no centro da cidade de Patras. Os compas informaram as pessoas através de alto-falantes, cartazes e distribuição de vários folhetos antimilitaristas.

As ações de solidariedade continuam esta semana e culminarão no sábado, 10 de dezembro, com uma manifestação pela manhã e um concerto de apoio financeiro na noite do mesmo dia, no espaço ocupado Parartima. No dia de seu julgamento, os compas também convocarão uma concentração fora da Corte Marcial de Ioannina.

Como disse o anarquista G. Koronaios em sua declaração pública de repúdio ao serviço militar:

“Declaro que não quero ser convocado pelo exército, nem quero ter nenhuma relação com esta estrutura do sistema autoritário […] Sou um inimigo e potencial destruidor de cada Estado e cada nação.”

Solidariedade ao anarquista G.Koronaios!
Nem uma hora de serviço militar!

fontes: 1, 2, 3
traduzido de es.contrainfo pela agência de notícias anarquistas-ana

Ioannina, noroeste da Grécia: APOIO AOS IMIGRANTES (cartaz colectivo)

poster assinado por diversos colectivosOs  emigrantes de ontem são os imigrantes de hoje

Em 9 de Junho de 2011, a polícia evacuou violentamente e destruíu o local de residência  dos imigrantes em Igoumenitsa. Dezenas deles foram presos tendo muitos deles sido forçados a fugir para o continente.  Alguns vieram parar à nossa cidade [Ioannina, no noroeste da Grécia].

Imigrantes —a parte mais subestimada e explorada da classe trabalhadora— não devem ser perseguidos nunca mais!

Não se pode  permitir que os imigrantes sejam vítimas dos apetites da bófia, dos juízes, dos racistas e de pacíficos cidadãos. Toda a solidariedade e ajuda mútua para a defesa dos habitantes locais e idos migrantes e para o ataque aqueles que os exploram e oprimem. Não se pode aceitar que o direito de  livre circulação e de residência deixe de se aplicar a todxs.

Para eliminar a linha divisória formada por fronteiras e territórios.

FACTUALMENTE – MATERIALMENTE – POLITICAMENTE
APOIO AOS IMIGRANTES

Compas | antifa [ i ] | Tapi & psychremi [pobretes & alegretes] | ESE Ioanninon [União Sindical Libertária de Ioannina] | katalispi Antiviosi [Okupa Antivosi]

Fonte: Rádio Autónoma de Ioannina