Arquivo de etiquetas: slogans

Berlim: Pintadas anarquistas em Friedrichshain

Liberdade para Babis Tsilianidis

Violência contra todos os patriotas
Liberdade para os/as que estão nas celas

A 28 de Maio de 2014, durante a noite, saímos para espalhar pintadas no bairro de Friedrichshain, em Berlim. Os nossos pensamentos estão com o anarquista Babis Tsilianidis, preso na Grécia à espera de julgamento de recurso a 5 de Junho – o compa tinha sido condenado, na 1ª instância, a 10 anos e 4 meses de prisão por assalto ao departamento económico do hospital AHEPA de Tessalónica – com os/as nossos/as amotinados/as irmãos e irmãs no Brasil, con Maurício Morales, caído em ação a 22 de Maio de 2009 e com todos/as os/as compas que lutam dentro e fora das galés nesta sociedade.

Não conseguimos sacar uma imagem da pintada que fizemos contra o mundial de futebol que dizia NÃO VAI TER COPA pois um veículo da fodida empresa de segurança WISAG patrulhava a zona.

Fogo às fronteiras!

Imigrantes anarquistas

espanhol

1-10 de agosto 2012: Chamada de Contra Info a ações de propaganda contra a repressão

Fazemos uma  chamada de dez dias de ações de propaganda, em tantos lugares quanto possível, a fim de promover as lutas que são mais ou menos conhecidas, mas também aquelas que são completamente desconhecidas para muita gente. Os/as indivíduos e / ou grupos que queiram participar nestes dez dias de temas de ação escolherão os temas e os meios segundo os seus próprios critérios e dinâmicas, pelo fortalecimento da solidariedade iinternacional e recíproca entre os oprimidos.

Acima de tudo, o que propomos é tomar-se as ruas, pintando slogans e exibindo faixas em solidariedade com casos cuja difusão consideramos importante. Durante os últimos meses, realizamos ações semelhantes em  Atenas, como vocês também fizeram em várias ocasiões.  No entanto, necessitamos de dar um passo em frente  e simultaneamente levar a cabo este tipo de ações a nivel europeu e, oxalá, mais além. Alguns/algumas de nós estamos no Reino Unido, Alemanha, França, Estado espanhol, Sérvia, Portugal, Grécia, mas também na América, pelo que podemos fazer de uma ação simples uma coisa bonita. Para aqueles/aquelas que se sentem sós nos lugares onde habitam, pode parecer mais difícil… mas apenas se necessita de uma tela, tinta ou spray, para além de um bom sítio para colocar a faixa. Estejam onde estiverem, convoquem os vossos/vossas compas para que se passe a palavra.

Desde 1 a 10 de agosto, podemos colocar faixas, colar cartazes e folhetos, realizar pintadas nas paredes ou levar a cabo qualquer outra ação que ajude à difusão do discurso anarquista/libertário para lá das fronteiras estatais e linguísticas. Por conseguinte, esperamos receber e difundir material fotográfico e/ou escrito de ações de compas, estejam onde estiverem.

A princípios de agosto, coordenamos as nossas forças e levantamos a cabeça contra a repressão e a sociedade das prisões, contra os Estados e as suas fronteiras, contra o Capital e os seus benefícios. Podemos ser muitos/as; podemos estar em toda a parte.

Rumo a uma guerrilha informativa…
Rede tradutora de contra nformação Contrainfo.espiv.net

Tebas, Grécia: Ação solidária com o companheiro Tortuga

Morte ao Estado—Solidariedade com xs insurgentes no $hile
Morte ao Estado—Solidariedade com xs insurgentes no $hile

Na tarde de sexta-feira,  23 de setembro, escrevemos slogans nas paredes do centro da cidade de Tebas, em Beocia, em solidariedade com os insurgentes no $hile, e em particular com o ompanheiro Luciano Pitronello, Tortuga. Este é um ato mínimo de solidariedade com todxs xs que lutam pela  liberdade e pela anarquia nos territórios do Estado $hileno.

Os bastardos que trabalham para a ditadura democrática devem ter cuidado. Somos loucxs e determinadxs.

Os insurgentes não têm pátria!
Morte ao Estado e ao Capital!

SOLIDARIEDADE COM O ANARQUISTA LUCIANO PITRONELLO

Anarquistas de Tebas

Liberdade para o anarquista Luciano Pitronello
Liberdade para o anarquista Luciano Pitronello
xs insurgentes não têm pátria
Xs insurgentes não têm pátria
Morte ao Estado