Arquivo de etiquetas: Kostas Katsenos

Atenas, caso da Luta Revolucionária: 5 anarquistas condenados/as em primeira instância

rageA 3 de abril de 2013, a sentença em relação ao caso da Luta Revolucionária constituíu uma pequena melhoria, comparando com a proposta do Ministério Público. A decisão do tribunal sobre o caso da Luta Revolucionária foi:

Acusados/as que negaram qualquer tipo de participação na organização

– Absolvição de todas as acusações de Marie Beraha, Sarantos Nikitopoulos e Kostas Katsenos (In dubio pro reo: frase latina que expressa o princípio legal de que, em caso de dúvida, por exemplo, por insuficiência de provas,  favorecer-se-à o/a acusado/a).
– Condenação de Vaggelis Stathopoulos e Christoforos Kortesis por suposta participação na organização.

Membros que assumiram a sua participação na Luta Revolucionária

– Absolvição da acusação de “direção de uma organização terrorista”para Nikos Maziotis, Pola Roupa e Kostas Gournas.
– Condenação de Nikos Maziotis, Pola Roupa e Kostas Gournas por “cooperação simples” nas ações de Luta Revolucionária (sem provas em relação à sua implicação nas ações específicas, mas aplicando o princípio nazi da responsabilidade conjunta).

Em resumo, o membro da Luta Revolucionária, Nikos Maziotis, em relação ao qual se pedia 86 anos de prisão, foi sentenciado em 50 anos. Os/as membros de Luta Revolucionária, Pola Roupa e Kostas Gournas, em relação aos quais o Ministério Público pedia 87 anos de prisão, foram sentenciados/as ambos a 50 anos e 6 meses. Para os/as três, o período máximo em prisão é de 25 anos (que geralmente se aplica como condenação íntegral ou como beneficio por dias de trabalho na prisão, ou ainda após o cumprimento de 3/5, quando o/a preso/a pode sair em liberdade condicional sob condições específicas).

– Vaggelis Stathopoulos e Christoforos Kortesis, em relação aos quais se  solicitavam 8 e 7 anos de prisão, respetivamente. A sentença contra Vaggelis Stathopoulos acabou por ser de  7 anos e 6 meses.

Para além disso, e em relação aos 5 anarquistas sentenciados/aa, a decisão dos juízes estipulou a privação de direitos políticos (5 anos para os/as três membros da Luta Revolucionária e 3 anos para os outros dois anarquistas), assim como foi recusado o efeito suspensivo do recurso de apelação.

Enquanto que Nikos Maziotis e Pola Roupa se encontram prófugos/as, Kostas Gournas, Vaggelis Stathopoulos e Christoforos Kortesis foram, imediatamente, transferidos para a prisão. As palavras de ordem militantes dos/as presentes e os punhos cerrados dos três combatentes anarquistas foram os últimos momentos do julgamento.

Para escrever aos compas encarcerados:
Kostas Gournas
Vaggelis Stathopoulos
Christoforos Kortesis
Dikastiki Filaki Koridallou, Parartima Gynaikeion Filakon Koridallou (Π.Γ.Φ.Κ.), Solomou 3-5, 18110 Koridallos, Atenas, Grécia

Solidariedade com todos/as os/as anarquistas presos/as ou imputados/as pelo Estado grego!
A batalha pela liberdade está longe de terminar.
Viva a Luta Revolucionária!

Atenas, caso Luta Revolucionária: sessão final do julgamento a 3 de Abril

solidarity-to-revolutionary-struggleÚltimas informações sobre o processo judicial divulgadas pelo Socorro Vermelho  Internacional:

O Ministério Público propôs a condenação dos/as três admitidos membros da Luta Revolucionária, Pola Roupa, Nikos Maziotis e Kostas Gournas, embora nenhuma prova tenha sido apresentada no tribunal que fundamentasse  tal envolvimento nas ações específicas de que são acusados/as.. (Lembramos que Pola Roupa e Maziotis Nikos estão atualmente em parte incerta).  Além disso, e sem qualquer evidência conclusiva, o promotor sugeriu a condenação de Sarantos Nikitopoulos, Vaggelis Stathopoulos, Christoforos  Kortesis e Kostas Katsenos, que negam a sua participação na organização. Por fim, o Ministério Publico admitiu que nunca houve provas contra Marie Beraha ,(esposa de Kostas Gournas) e disse que aquela deveria ser absolvida de todas as acusações.

O julgamento chega ao fim na quarta-feira 3 de Abril, às 9h, quando o tribunal emitir a decisão final sobre o caso Luta Revolucionária. Os juízes vão anunciar as decisões finais para Nikos Maziotis, Pola Roupa e Kostas Gournas , que assumiram a responsabilidade política pel sua participação na organização,  para Vaggelis Stathopoulos, Sarantos Nikitopoulos,  Christoforos Kortesis e Kostas Katsenos, os outros anarquistas acusados no caso , assim como para Marie Beracha (companheira de Kostas Gournas), que também é acusada no mesmo caso.

Vamos todos assistir a esta sessão de julgamento e fazer da nossa solidariedade um punho contra o Estado
A paixão pela liberdade é mais forte do que todas as prisões!

Assembleia para o caso Luta Revolucionária
Contato mail: RScase[em]espiv[ponto]net

Inglês