Contato

Para contribuir com traduções, edições-correções e/ou materiais originais para publicação tais como atualizações a partir das ruas, reportagens de ações, comunicados de reivindicação, textos dxs companheirxs presxs ou perseguidxs, chamadas, brochuras, artigos de opinião, etc.: contrainfo(at)espiv.net

Roma, Itália: Dois companheiros detidos acusados sob a lei antiterrorista

dust-bathNa quinta, 19 de Setembro, esquadrões de ROS (carabineiros das forças especiais) invadiram as casas de quatro jovens na zona de Castillos, apreendiram objetos pessoais e arrestaram o Adriano Antonacci e o Gianluca Iacovacci. Aos dois compas se quer atribuir ações assinadas com diversas siglas, encontrando-se, agora, em confinamento solitário nas prisões romanas. O artigo utilizado desta vez é o 270 bis do Código Penal no combate ao terrorismo que diz “Associação para fins de terrorismo, também internacional, ou da subversão da ordem democrática”.

A cerca de um mês dos protestos planeados para Roma e no resto do país, a maquinaria repressiva foi posta em marcha desencadeando a tormenta habitual dos meios de desinformação e do alarmismo preventivo. Os dois jovens, que da mesma forma que os restantes milhares de habitantes de Castillos Romanos estiveram na rua para se mobilizar contra a exploração do território, somente dentro de alguns dias poderão ver os seus familiares.

À espera de mais informação, convidamos-los a que atuem em solidariedade com os presos, para que estes não se sintam sózinhos.

Terrorista é quem, diariamente, coloca em risco a saúde de milhares de pessoas para a construção de pequenas e grandes obras de lucro,que explora todos os dias milhares de pessoas no trabalho, quando apenas algumas poucas famílias podem fazer face às despesas,aqueles que reprimem e matam nas ruas e bairros impunemente, que estão a colonizar e a destruir cada vez mais os nossos territórios em nome do deus dinheiro.

A nossa arma é a solidariedade.
Todos/as fora das prisões.
ADRIANO E GIANLUCA LIVRES AGORA!

Companheiros/as e amigos/as de Castillos Romanos

Atualizações:
9 de Outubro: Adriano Antonacci, compa preso em Setembro passado en Roma, foi tranferido ao módulo de Alta Segurança 2 da prisão de Ferrara, que se confirma como espaço para encarcerar os/as prisioneros/as anarquistas à espera de julgamento. Não se têm, todavia, atualizações sobre a possível transferência de Gianluca Iacovacci, compa detido durante a mesma operação repressiva.

Esta é a sua nova direção:
Adriano Antonacci
CC di Ferrara Via Arginone 327 44122 (Itália)

2. A 22 de Outubro de 2013, tomámos conhecimento de que Gianluca Iacovacci, detido em Setembro ao mesmo tempo de que Adriano Antonacci, foi transferido da prisão romana de Regina Coeli para a de Alessandria-San Michele, onde também há um módulo de alta segurança 2, e nele se encontram detidos outros compas anarquistas. Provavelmente a transferência deve-se à proibição de comunicação entre ele e Adriano.

Para lhe escrever:
Gianluca Iacovacci
Via Casale 50/A 15122 San Michele (AL) Italia.

Leave a Reply

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>